• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Abuso no preço dos combustíveis deve ser denunciado ao Procon

Paralisação dos caminhoneiros

  • COMPARTILHE
Geral

Abuso no preço dos combustíveis deve ser denunciado ao Procon

As práticas abusivas ocorrem nos casos em que há elevação injustificada do preço aproveitando-se de uma determinada situação

O valor praticado pelos postos de combustíveis está sendo monitorado em toda a Grande Vitória pelo Procon. Em casos de abuso no preço em razão da falta de combustíveis, será necessário registrar a demanda no órgão. 

 A gerente do Procon Vitória, Herica Correa Souza, orienta que todos os consumidores devem exigir nota fiscal que discrimine o valor pago por litro de combustível e a quantidade abastecida. A pedido do Ministério Público Estadual, uma equipe do Procon está nas ruas para uma ação de fiscalização preventiva de monitoramento.

Prática Abusiva 

As práticas abusivas ocorrem nos casos em que há elevação injustificada do preço aproveitando-se de uma determinada situação. O abastecimento de postos em Vitória está sendo prejudicado pela greve geral dos caminhoneiros. O Procon já está monitorando as notas de compra e venda de combustível nos postos da capital, entretanto, a greve poderá causar desabastecimento temporário.

Denúncias

A gerente do Procon Vitória orienta que os consumidores, ao se depararem com postos que elevaram os combustíveis, comuniquem imediatamente ao órgão, por meio do APP Procon Vitória ou pelo serviço Fala Vitória 156, acionando imediatamente a fiscalização.

Greve dos caminhoneiros

A continuidade da greve dos caminhoneiros - que, além da paralisação do transporte, inclui o bloqueio de refinarias e distribuidoras - está aumentando rapidamente o número de municípios e estados sem combustíveis. 

Comunicados encaminhados por sindicatos regionais para a Fecombustíveis, que representa aproximadamente 40 mil postos revendedores de combustíveis, relatam "desabastecimento generalizado" , com redução drástica dos estoques e escassez em algumas cidades.