• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Baleias jubarte nascem no litoral de Vitória, aponta estudo

  • COMPARTILHE
Geral

Baleias jubarte nascem no litoral de Vitória, aponta estudo

Para participar da observação de baleias, os interessados devem procurar as operadoras de turismo náutico da capital

O litoral de Vitória e do Estado conta com diversas baleias jubarte e muitas delas nascem aqui durante o período que passam por águas capixabas todos os anos, entre os meses de julho e novembro. A constatação veio com o “Diagnóstico da Observação de Baleias e Atividades Desenvolvidas no Espírito Santo”, recém-lançado pelo Coletivo Ambiental Amigos da Jubarte e que contou com o apoio da Prefeitura de Vitória.

O documento, com mais de 80 páginas e que inclui fotos, mapas, tabelas e gráficos sobre o mapeamento, foi construído ao longo do ano passado (2017) por meio de um processo colaborativo entre diferentes instituições e atores relacionados com o turismo e a observação de baleias. O objetivo é fomentar o desenvolvimento socioambiental no Estado a partir do incentivo à prática de observação natural das espécies.

Para o diretor de Turismo da Companhia de Desenvolvimento, Inovação e Turismo de Vitória (CDV), Felipe Ramaldes, o diagnóstico é uma peça de conteúdo científico fundamental e ajudará traçar os rumos do segmento de observação de baleias em Vitória.

“Ele já aponta dados muito interessantes ao indicar que as baleias jubarte passam pelo litoral da capital, tanto na ida quanto na volta, antes de chegar a águas mais quentes da Bahia”, aponta.

Perspectiva ambiental

O secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Emanuel Zouain da Rocha, destacou desde o início a parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) para o desenvolvimento das ações visando a conservação e observação das baleias. O diagnóstico, segundo ele, vai ajudar a mostrar para o mundo que Vitória cuida do seu meio ambiente.

“Desde o início, a Semmam abraçou o projeto. E a perspectiva ambiental que temos é a de mostrar para o mundo que Vitória é uma cidade que cuida do seu meio ambiente com todo zelo e capacidade técnica. E com o incremento da observação das baleiras jubarte, o que revela o diagnóstico, a capital vai se colocar como centro de um processo que começa na região da Patagônia argentina, com a migração das baleias para a nossa costa, e segue até Abrolhos, tornando Vitória o principal ponto de referência neste segmento”, afirmou.

Espécies

O diagnóstico indicou, ainda, que “o litoral capixaba é lar de inúmeras espécies com potencial de encher os olhos de moradores e visitantes, além de possuir locais com belezas naturais que tornam aqui local único, favorecendo o desenvolvimento do ecoturismo responsável como alternativa sustentável de geração de emprego e renda”.

Turismo náutico

O turismo náutico tem crescido na capital, gerando novos negócios e atraindo visitantes que desejam ver as baleias. Para participar da observação de baleias, os interessados devem procurar as operadoras de turismo náutico da capital que mantêm parcerias com o Instituto Baleia Jubarte.

As baleias jubarte podem ser vistas no litoral de Vitória de julho até o mês de outubro/novembro, entre 10 a 20 milhas náuticas (entre 20 a 40 quilômetros) de distância da costa. O percurso até o local de observação dura, em média, quatro horas (entre ida e volta), com até três horas para contemplação das espécies.