• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Caminhoneiro que provocou acidente com morte já teria passado mal outras duas vezes

  • COMPARTILHE
Geral

Caminhoneiro que provocou acidente com morte já teria passado mal outras duas vezes

Segundo a PM, o motorista teve uma convulsão, perdeu o controle da direção e atingiu uma caminhonete e três pedestres. Um idoso de 81 anos morreu

Motorista teria tido uma convulsão antes de perder o controle do caminhão e provocar o acidente

O motorista do caminhão que provocou um acidente com morte, no início da tarde desta segunda-feira (21), em Vitória, teria tido uma convulsão antes de atingir uma caminhonete e três pedestres, segundo informações da PM. Funcionários da empresa onde o caminhoneiro trabalha estiveram no local da batida e disseram à polícia que essa teria sido a terceira vez que ele passa mal ao volante.

O acidente aconteceu por volta do meio-dia na Avenida Fernando Ferrari, em Goiabeiras. O condutor do caminhão teria perdido o controle da direção e batido em uma caminhonete que estava parada no sinal vermelho. Com o impacto, a caminhonete foi projetada para a frente e atingiu três pessoas que passavam pela faixa de pedestres.

"Eu senti um grande impacto na traseira da minha caminhonete. Na verdade, foram dois impactos. No primeiro, eu só ouvi o grito de alguém. Depois, no segundo, eu vi o rosto de uma pessoa batendo na minha porta. Talvez esse segundo impacto tenha sido o senhor que foi atingido e socorrido pelo Samu", contou o motorista da caminhonete, o empresário Júnior Alves.

Um dos pedestres atropelados foi um idoso de 81 anos, identificado como Benvino Lazzaro. Ele foi socorrido por uma ambulância do Samu, mas acabou morrendo a caminho do hospital. Também foram atingidos uma mulher de 57 anos, que foi socorrida pelo Samu e levada para o Hospital São Lucas, e um terceiro pedestre, que não precisou de socorro e foi embora a pé.

O motorista do caminhão, de 38 anos, também precisou de socorro médico. Ele foi levado, em uma ambulância do Samu, para o Pronto Atendimento da Praia do Suá, também na capital. A Polícia Militar dispensou o teste do bafômetro. Depois da batida, o motorista teve outra convulsão.

"Ele voltou a passar mal. Ele tinha voltado a si, estava normal. Estava meio em choque quando viu a situação e depois teve outras convulsões e foi levado pelo Samu", disse o motorista da caminhonete.

Além do motorista, um ajudante estava no caminhão na hora da batida e acompanhou o colega até o PA. A perícia da Polícia Civil esteve no local do acidente e descobriu que o caminhão não possuía tacógrafo. A Polícia Militar multou o veículo.

A reportagem da TV Vitória/Record TV tentou entrar em contato com um representante da transportadora responsável pelo caminhão envolvido no acidente, mas não conseguiu.