• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Destinação de resíduos é regularizada com Área de Transbordo em Guaçuí

  • COMPARTILHE
Geral

Destinação de resíduos é regularizada com Área de Transbordo em Guaçuí

Os agentes de fiscalização conferiram diversos documentos

O município de Guaçuí, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), recebeu uma equipe de agentes ambientais federais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama). Eles estiveram no município com o objetivo de fiscalizar o cumprimento do que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305) que estabelece a erradicação dos “lixões” em todo o Brasil, o que já não existe no município.

Durante a visita, os agentes de fiscalização conferiram diversos documentos e estiveram na Área de Transbordo Municipal, que está com todas as instalações concluídas e em funcionamento. Segundo informações da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, a área está atendendo de forma correta e efetiva ao que determina a legislação ambiental. Desta forma, todos os resíduos coletados no município já estão sendo depositados no local, diariamente, onde ficam até serem transportados pela empresa responsável, para o Centro de Tratamento de Resíduos de Cachoeiro de Itapemirim (CTRCI).

Além da verificação de diversos documentos, os agentes solicitaram cópias de partes dos mesmos e ainda realizaram registro fotográfico de toda a fiscalização. E no final, conforme informações da Semmam, os agentes puderam constatar que Guaçuí está definitivamente regularizado em relação ao processo de coleta e destinação de resíduos sólidos.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Roberto Martins, conta que o resultado é fruto da dedicação das secretarias municipais envolvidas. Segundo ele, o projeto da Área de Transbordo atende a todos os conceitos de sustentabilidade. “Todo o projeto absorveu os conceitos de sustentabilidade, onde os resíduos não têm contato algum com o solo, evitando assim a contaminação da área”, completa.

O próximo passo do processo é a recuperação da área onde ficava o aterro sanitário de Guaçuí, que antes servia de depósito para os resíduos coletados no município.

A obra

A Área de Transbordo de Resíduos Sólidos de Guaçuí fica localizada na zona rural do município, na altura do km 82 da BR 482. A área tem um total de 30 mil metros quadrados e as obras foram iniciadas no dia 22 de janeiro deste ano, sendo realizada pela Construtora Capixaba Ltda-ME, com recursos próprios do município, num total de R$ 124.857,15. No local, está sendo feito o armazenamento temporário de resíduos sólidos coletados na sede do município e distritos.

Agora, conforme explica o secretário municipal de Obras, Hermes Guimarães, está em fase execução a baldeação dos resíduos coletados pelo setor de Limpeza Pública da Prefeitura que os transportam para o local. Na Área de Transbordo, tudo é depositado em caçambas que são trazidas por carretas. “Estas caçambas recebem os resíduos trazidos pelos caminhões compactadores que fazem a coleta no município e esses resíduos depois são recolhidos por carretas da empresa contratada, que leva tudo para o Centro de Tratamento de Resíduos de Cachoeiro de Itapemirim (CTRCI)”, explica Hermes. “Isso deve acontecer dia sim, dia não”, completa.