• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

EUA/Lighthizer: país ainda pode aplicar tarifas contra China

  • COMPARTILHE
Geral

EUA/Lighthizer: país ainda pode aplicar tarifas contra China

O representante comercial dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, disse que o país ainda pode aplicar tarifas sobre importações da China, apenas algumas horas depois de o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, ter dito em uma entrevista na televisão que o país está colocando as tarifas em suspenso.

Conforme as negociações prossigam, os EUA ainda podem recorrer a tarifas, bem como outras ferramentas, como restrições a investimentos e regulamentações de exportação, a menos que a China faça "mudanças estruturais reais" em sua economia, disse Lighthizer, em um comunicado. Segundo o representante comercial dos EUA, o país "pode usar todas as suas ferramentas legais" nas negociações com o país asiático.

Mnuchin havia dito neste domingo que os dois lados estão trabalhando em um acordo que "substancialmente" reduziria o déficit comercial dos EUA com a China, incluindo aumentos expressivos nas compras chinesas de produtos agrícolas e de energia dos EUA. Esses comentários relativamente otimistas vieram após dois dias de intensas negociações comerciais com representantes do governo chinês na semana passada.

A declaração de Lighthizer mostrou certo grau de ceticismo entre pelo menos alguns participantes do governo Trump sobre quanto progresso está sendo feito nas negociações. A China prometeu tomar medidas para melhorar os desequilíbrios comerciais no passado, mas muitas vezes enfrentou críticas de que não cumpriu essas promessas.

"Fazer a China abrir seu mercado para mais exportações dos EUA é significativo, mas as questões muito mais importantes giram em torno de transferências forçadas de tecnologia, roubo cibernético e proteção de nossa inovação", disse Lighthizer. Fonte: Dow Jones Newswires.