• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Madura convoca 'todos que participaram da eleição' a montar 'agenda construtiva'

  • COMPARTILHE
Geral

Madura convoca 'todos que participaram da eleição' a montar 'agenda construtiva'

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta segunda-feira em sua conta no Twitter que convoca "todos os candidatos presidenciais que participaram da eleição de 20 de maio" a uma "jornada de encontro e diálogo para estabelecer uma agenda construtiva", após o Conselho Nacional Eleitoral do país anunciar sua vitória com 68% dos votos no pleito.

"Estou pronto para reunir-me e dialogar", acrescentou o líder chavista.

Os principais concorrentes de Maduro na disputa, Henri Falcón e Javier Bertucci, contestam o resultado oficial e alegam ter havido diversas irregularidades no processo eleitoral.

Além disso, os Estados Unidos e outros governos no mundo se posicionaram contra a eleição mesmo antes de a votação começar e disseram que não vão aceitar o resultado. Após o anúncio da reeleição de Maduro, o presidente americano, Donald Trump, foi além e assinou um decreto que restringe a capacidade do governo venezuelano de liquidar ativos.

Em meio ao descrédito internacional, o ministro do Poder Popular para a Comunicação e a Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez Gómez, declarou que a vitória que deu a Maduro um novo mandato de seis anos é de "proporções épicas".

De acordo com o Conselho Nacional Eleitoral, o líder chavista conquistou 4 milhões de votos a mais que Falcón, o segundo colocado, com a maior porcentagem de votos recebida por um candidato a chefe de Estado desde o pleito de 1958.

No entanto, o baixo comparecimento às urnas, estimado por autoridades em 48%, significa que o número absoluto de votos de Maduro é menor que o obtido em sua apertada vitória na eleição de 2013. (Com informações da Associated Press)