• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ossos encontrados em escombros são dos gêmeos Wendel e Werner

  • COMPARTILHE
Geral

Ossos encontrados em escombros são dos gêmeos Wendel e Werner

Os ossos encontrados entre nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, atribuído a duas crianças, são dos gêmeos Wendel e Werner, de 10 anos, que estavam desaparecidos

            Supostamente, os corpos dos gêmeos estavam juntos da mãe, Selma Almeida da Silva


O Núcleo de Biologia e Bioquímica do IC (Insituto de Criminalística), da Polícia Científica de São Paulo, informou neste sábado (12) que os ossos encontrados entre nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, atribuído a duas crianças, são dos gêmeos Wendel e Werner, de 10 anos, que estavam desaparecidos.

Supostamente, eles estavam junto da mãe, Selma Almeida da Silva.

De acordo com nota oficial do IC, o DNA recolhido dos remanescentes humanos de duas crianças, encontrados na última quarta-feira (9), apresentou vínculo genético com o material fornecido pela família dos gêmeos.

Além deles, já foram identificados Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro e Francisco Lemos Dantas. A mãe dos irmãos, Selma Almeida da Silva, e mais três pessoas continuam desaparecidas.

Com isso, o número oficial de desaparecido do prédio agora está em quatro. Veja a lista:

1- Selma Almeida da Silva;

2- Eva Barbosa, 42 anos;

3- Valmir Souza, 47 anos;

4- Gentil Rocha de Souza, 56 anos.

Identificados

1- Weldel, 9 anos, filho de Selma;

2- Werner, 9 anos, filho de Selma;

3- Francisco Lemos Dantas, de 46 anos;

4- Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, 39 anos.

Buscas

No 12º dia de buscas, a assessoria do Corpo de Bombeiros informou que foi encontrada uma grande quantidade de água ao atingir a área do 2º subsolo. Carcaças de carros também foram econtradas sob os escombros. Por causa da água, o trabalho com as máquinas pesadas precisou ser interrompido para a drenagem e as buscas só devem ser retomadas na próxima segunda-feira.

Leia a nota do Insituto de Criminalística da Polícia Científica de São Paulo na íntegra:

O Núcleo de Biologia e Bioquímica do IC informa que o DNA recolhido dos remanescentes humanos de duas crianças encontrados na última quarta-feira (9), apresentou vínculo genético com o material fornecido pela família dos gêmeos Wendel e Werner, de 10 anos, desaparecidos após o desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, dia 1º de Maio. Além deles, já foram identificados Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro e Francisco Lemos Dantas. A mãe dos irmãos, Selma Almeida da Silva e mais três pessoas continuam desaparecidas.

Com informações do Portal R7.