• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Trump defende indicada para CIA após jornal dizer que ela quis retirar nomeação

  • COMPARTILHE
Geral

Trump defende indicada para CIA após jornal dizer que ela quis retirar nomeação

Autoridades da Casa Branca teriam pedido detalhes adicionais sobre o envolvimento de Gina no extinto programa da CIA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, saiu em defesa da sua indicada para assumir o comando a Agência Central de Inteligência (CIA), Gina Haspel, nesta segunda-feira. Ontem, o Washington Post publicou uma reportagem dizendo que ela teria oferecido a retirada de sua candidatura em meio a um debate sobre sua atuação num programa da CIA que interrogava suspeitos de terrorismo de forma brutal.

Por meio de sua conta no Twitter, Trump disse que Gina é "a pessoa mais qualificada" para a posição "nesses tempos tão perigosos". "Minha altamente respeitada indicada para diretora da CIA, Gina Haspel, tem sido acusada de ser muito dura com terroristas. Pensando nisso, nesses tempos tão perigosos, nós temos a pessoa mais qualificada, uma mulher, que os Democratas querem tirar porque ela é muito rígida com o terror. Vença, Gina!", escreveu Trump.

De acordo com a matéria do Post, autoridades da Casa Branca teriam pedido detalhes adicionais sobre o envolvimento de Gina no extinto programa da CIA de interrogar brutalmente suspeitos de terrorismo após o 11 de setembro, com o objetivo de prepará-la para a audiência de confirmação de quarta-feira. Nesse momento, ela teria oferecido a retirada de sua candidatura. (Flavia Alemi - [email protected])