• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Carro desgovernado invade calçada e atropela quatro pessoas no Centro de Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Carro desgovernado invade calçada e atropela quatro pessoas no Centro de Vitória

Foram atingidas duas mulheres, um deficiente físico e uma menina de apenas 2 anos. A criança, o motorista e o deficiente precisaram ser hospitalizados

Multidão se formou para acompanhar o resgate das vítimas no Centro de Vitória | Foto: Reprodução

Quatro pessoas foram atropeladas por um carro de passeio que invadiu a calçada, no início da tarde desta sexta-feira (08), no Centro de Vitória. As vítimas são duas mulheres, um deficiente físico e uma menina de apenas 2 anos de idade.

A Guarda Municipal informou que o motorista do carro envolvido no acidente, o oficial de justiça José Nilson Sallé Bom Passos, de 62 anos, perdeu o controle da direção do veículo e atingiu os pedestres. O motorista, a criança e o deficiente físico foram socorridos para hospitais na capital.

De com informações da Guarda Municipal, o carro do oficial seguia pela Avenida Princesa Isabel, no sentido Praia do Canto, quando invadiu a pista contrária, subiu na calçada e atropelou as quatro pessoas.

A menina, identificada como Ana Luiza Vasconcellos, foi socorrida consciente e encaminhada para o Hospital Infantil de Vitória. Ela estava com a tia, a autônoma Alessandra Cardoso, que também foi atingida pelo veículo, mas não precisou de atendimento médico.

As outras vítimas foram Natanael Gomes, de 48 anos, e a vigilante Sandra Lacerda de Souza, que também não precisou de atendimento do Samu. Ela conta que Natanael chegou a ficar debaixo do carro. O motorista também ficou ferido e foi levado para o Hospital São Lucas, também na capital.

O acidente chamou a atenção de muitas pessoas, que se aglomeraram ao redor do veículo para acompanhar o trabalho das equipes de resgate. A avenida precisou ser interditada para que as vítimas fossem socorridas, o que deixou o trânsito lento na região.