• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Primeira quinzena de julho pode ter frentes frias significativas no Sudeste

Geral

Primeira quinzena de julho pode ter frentes frias significativas no Sudeste

De acordo com o meteorologista Felipe Pingirum, a capacidade desses eventos pode extrapolar a média histórica das capitais da região Sudeste

Foto: Sandra Cola

O tempo seco é uma das principais características do inverno na região Sudeste do Brasil. Em geral, as frentes frias aumentam a umidade e provocam chuvas nas áreas próximas ao litoral, como no Espírito Santo.

O meteorologista Filipe Pungirum, um dos responsáveis pela previsão climática no Instituo Climatempo avisa aos amantes das temperaturas baixas: o inverno de 2020 não será marcado por frio intenso na região Sudeste do país.

De acordo com Pungirum, a expectativa de ocorrer frentes frias está abaixo do esperado. "O que estamos esperando ao longo do inverno é que a frequência e qualidade das frentes frias seja abaixo da média na estação", afirmou.

No entanto, o meteorologista alerta que existe a previsão de pelo menos duas frentes frias com intensidade significativa na primeira quinzena do mês de julho. "A capacidade desses eventos pode extrapolar a média histórica das capitais da região Sudeste. Depois dessa primeira quinzena, a expectativa é de tempo mais seco e quente durante todo o inverno", explica.