Aeronáutica inicia investigação sobre acidente de helicóptero com Paulo Hartung

Geral

Aeronáutica inicia investigação sobre acidente de helicóptero com Paulo Hartung

A equipe do Seripa, junto com técnicos da Airbus, fabricante do helicóptero, já se encontram no local da queda para esclarecer o acidente

A aeronave tinha quatro passageiros a bordo, dois deles pilotos, além do governador e a primeira-dama Cristina Gomes 

Peritos da aeronáutica já começaram a apurar a causa do acidente com o helicóptero da Polícia Militar que conduzia o governador Paulo Hartung. A aeronave levava o governador para Domingos Martins quando sofreu um acidente enquanto pousava. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. 

As investigações sobre o que o causou o incidente estão sendo conduzidas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), da área do Espírito Santo, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro

A equipe do Seripa, junto com técnicos da Airbus, fabricante do helicóptero, se encontram no local da queda para esclarecer o acidente. A retirada da aeronave, segundo a Secretaria da Casa Militar, já foi providenciada e deve acontecer ainda neste fim de semana. 

No momento do acidente, no campo da Fazenda do Estado, a aeronave tinha quatro passageiros a bordo, dois deles pilotos, além do governador e a primeira-dama Cristina Gomes. 

Habilidade

O major Paolo Quintino de Lima, chefe da Seção de Segurança Operacional da Secretaria da Casa Militar, do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer), elogiou o trabalho realizado pelos capitães pilotos que conduziam a aeronave Harpia 5, onde estava o governador Paulo Hartung.

“Eles cortaram o fluxo de combustível de imediato, frearam os rotores, acionaram a chave geral da aeronave, verificaram que não tinha vazamento de combustível e fizeram os procedimentos devidos para a evacuação da aeronave”, explicou o major, que frisou como diferencial a experiência dos capitães.

Trave e sol podem ter contribuído para acidente com helicóptero onde Hartung estava

Trajeto

O helicóptero decolou da Residência Oficial da Praia da Costa, em Vila Velha, às 16h18 dessa sexta-feira (10), com dois pilotos e dois passageiros, em direção à Fazenda do Estado, que pertence ao Incaper, no limite dos municípios Venda Nova do Imigrante e Domingos Martins, na região Serrana do Espírito Santo.

Ao se aproximar para pouso e realizar manobra no campo, às 16h45, a aeronave se desgovernou, um dos rotores colidiu com o solo e ela tombou, ocasionando a destruição da aeronave. 

Em vídeo, Paulo Hartung comenta acidente com helicóptero em Domingos Martins

Causas

O major Quintino disse que um dos fatores que pode ter contribuído para o acidente foi a presença de uma trave de cor acinzentada no meio do campo. Mesmo com a perda de uma aeronave, o major garantiu a normalidade dos serviços para toda a população capixaba.

“Está tudo normal. O Samu, a PM e todos que precisarem vão ter à disposição as aeronaves. Hoje mesmo estivemos com um helicóptero em Vila Pavão distribuindo medicamentos no combate à malária e ainda teve mais um atendimento a pedido do Samu”, contou o major.