• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Filho de PM assassinado deixa a maternidade em Vila Velha

  • COMPARTILHE
Geral

Filho de PM assassinado deixa a maternidade em Vila Velha

O policial foi assassinado no bairro Jardim Colorado, em Vila Velha. O crime que chocou os amigos e familiares não teve nenhum suspeito detido até o momento

Foto: Reprodução/TV Vitória

Teve alta da maternidade, na manhã desta sexta-feira (14), o pequeno Bryan, filho do soldado da Polícia Militar Walter Anderson Borges da Silva, assassinado há um mês, em Vila Velha. Ele nasceu na última quarta-feira (12), mesmo dia em que o pai completaria 30 anos de idade.

Bryan deixou a maternidade no colo do vovô Bira, o aposentado William Gomes da Silva. "Agora vai aumentar um pouco a felicidade e suprir a falta do Walter. Agora vou ter mais tempo para cuidar dele", disse.

O recém nascido, filho do PM com a vendedora Lays Fernandes, nasceu de parto cesariana. Para a mãe, um motivo para recomeçar. "É um renascimento do pai dele. Tudo de bom. Não vai suprir a falta do pai, mas graças a Deus tudo certo", disse.

O policial foi assassinado no bairro Jardim Colorado, em Vila Velha. O crime que chocou os amigos e familiares, não teve nenhum suspeito detido até o momento. Segundo informações da Polícia Civil, o caso segue sob investigação na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.

Além da mãe, dos avós e dos tios, o Bryan, em casa, vai contar com a irmã, Bia, que está prestes a completar 2 anos. No que depender da família, apoio não vai faltar. "O que ele escolher, a gente vai apoiar ele. Qualquer profissão, qualquer ação, vamos estar de braços abertos. Nós vamos apoiar no que ele decidir. Agradeço à Deus o presente que nos deu. Tiraram um pedaço de mim, mas trouxe outro, que é o Bryan", afirmou o avô.