• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de mortes no ES chega a 3.376; mais de 120 mil pessoas já contraíram a doença

CORONAVÍRUS

Geral

Número de mortes no ES chega a 3.376; mais de 120 mil pessoas já contraíram a doença

Em 24 horas foram registradas mais 17 mortes e 722 casos da covid-19

Foto: Divulgação

O Espírito Santo alcançou, nesta terça-feira (15) o número de 3.376 óbitos com causas confirmadas para o novo coronavírus. Segundo a última atualização do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), em 24 horas foram registradas mais 17 mortes e 722 casos da covid-19.

Com isso, o número de casos confirmados da doença no Espírito Santo 120.974. Por outro lado, 110.622 pacientes do estado conseguiram se recuperar da doença.

Municípios e bairros

O Painel Covid-19 aponta ainda que Vila Velha, com 16.863 casos confirmados, continua sendo o município capixaba com o maior número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. A segunda colocação é do município da Serra, superou Vitória no número de registros da doença e está com com 14.603 casos. A capital capixaba aparece na sequência, com 14.510 registros.

Apesar de liderarem o ranking dos municípios capixabas que mais registraram casos de covid-19, as três cidades estão classificadas no risco baixo para a doença, conforme a matriz de risco do governo do Estado. O único município da Grande Vitória que ainda está no risco moderado é Cariacica, que já contabilizou 11.302 registros de covid-19 e 432 óbitos.

Ainda segundo o painel, Jardim Camburi, em Vitória, continua sendo o bairro capixaba com maior número de casos confirmados. Ao todo, 1.987 pessoas foram infectadas na região. Praia da Costa, em Vila Velha, é o segundo bairro, com 1.837 casos.

Coronavírus

A doença é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Como até o momento não há tratamento específico para a doença, é fundamental manter alguns cuidados como o isolamento social, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a etiqueta respiratória:

- Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;

- Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

- Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

- Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

- Não compartilhar objetos de uso pessoal;

- Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.