VÍDEO I Carro bate em SUV, capota e atinge caminhonete em Jardim Camburi

Geral

VÍDEO I Carro bate em SUV, capota e atinge caminhonete em Jardim Camburi

Motorista do veículo utilitário, que transportava duas crianças, diz que outro carro estava em alta velocidade e que o trecho não conta com sinalização de parada obrigatória

Marcelo Pereira

Redação Folha Vitória

Por pouco um acidente de trânsito não termina em tragédia. As câmeras de segurança de uma loja registraram o momento em que um veículo em alta velocidade atinge uma SUV que atravessa a pista. 

O carro que pertence a uma empresa de fabricação de bebidas vinha em linha reta, capota depois de bater no utilitário e ainda atinge uma caminhonete estacionada do outro lado da rua. O acidente aconteceu no final da manhã desta quarta-feira (13), na Avenida Ranulpho Barbosa dos Santos, uma das principais de Jardim Camburi, em Vitória. 

Foto: Bruno Ribeiro | ES Hoje

Segundo a Guarda Municipal de Vitória, não houve feridos e nem necessidade de socorro médico paras as mulheres que conduziam os veículos. As motoristas não estavam alcoolizadas e foram orientadas a fazer um boletim de ocorrência de forma online. 

Motorista da SUV transportava duas crianças

A motorista da SUV, uma universitária de 20 anos, que não quis se identificar, disse que tudo foi muito rápido porque a outra condutora estava em alta velocidade. 

"Dentro de um bairro, ela (a motorista) deveria estar conduzindo a 30 km/h. Eu não percebi a aproximação do carro. Foi uma grande susto e poderia ter consequências piores, se o meu carro estivesse mais à frente. Eu estava com duas crianças no veículo", contou.

Ela explicou que levava duas crianças para uma festa de um projeto social. "Eu participo de uma iniciativa que auxilia crianças carentes. Seria oferecido um 'Dia de Princesa' para as meninas e brincadeiras e jogos para os meninos. Estava indo com eles para o evento", explicou. 

"Foi por um triz! Foi um grande susto mas a gente está mais calmo agora e a festa com a garotada vai acontecer", garantiu.

Ela diz que o local carece de sinalização. "O trecho tem histórico de acidentes desse tipo, de colisão de veículos. Falta uma placa na rua transversal de parada obrigatória", reclamou. 

Além disso, as vagas de estacionamento naquela altura da rua, segundo ela, atrapalham uma visão mais ampla do motorista que quer acessar a Avenida Ranulpho Barbosa. "Por causa dos carros estacionados, a gente não  consegue ver quem vem pela direita", afirmou.

A Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran) de Vitória foi questionada sobre a sinalização no trecho. 

A empresa, responsável pelo veículo que capotou, também foi procurada. Quando as respostas forem enviadas, a matéria será atualizada.

A reportagem não conseguiu contato com a outra motorista envolvida no acidente.