• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Buscas por professor no Pico da Bandeira entram no terceiro dia

  • COMPARTILHE
Geral

Buscas por professor no Pico da Bandeira entram no terceiro dia

De acordo com o Corpo de Bombeiros não há previsão para o encerramento das buscas, que contam com o apoio de cães farejadores e o Núcleo de Operações e Transportes Aéreo

As buscas pelo professor mineiro Antônio Teodoro Dutra Junior, de 43 anos, que se perdeu no Parque Nacional do Caparaó no último sábado (8), foram retomadas nesta quinta-feira (13). No terceiro dia de buscas, o trabalho dos cães farejadores têm sido fundamental para as equipes que estão no local desde a última segunda-feira (10). A família acompanha de perto os trabalhos.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, até o momento, Antônio não foi encontrado e não houve nenhuma novidade do caso. As buscas seguem sem previsão de encerramento. Os Bombeiros seguem fazendo uma varredura por toda a mata do Parque Nacional do Caparaó e todos os locais indicados, por onde o professor poderia ter passado.

O trabalho é feito em conjunto entre o Corpo de Bombeiros do Espírito Santo e de Minas Gerais. A equipe capixaba é composta por nove militares e cães farejadores, treinados para este tipo de resgate. Cinco militares da equipe mineira e 21 funcionários brigadista do parque também auxiliam nas buscas.

Além disso, o helicóptero Harpia do Núcleo de Operações e Transportes Aéreo (NOTAer) também ajuda nas buscas desde a última terça-feira (11).

O professor desapareceu no último sábado (11), quando seguia para subir o Pico da Bandeira, acompanhado de um amigo, pelo lado do Espírito Santo. A trilha principal de acesso ao cume já foi toda vasculhada pelas equipes de busca.