• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ex-moradores de rua são contratados por empresa de fast food em Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Ex-moradores de rua são contratados por empresa de fast food em Vitória

Oportunidade de emprego foi dada a seis pessoas que já viveram nas ruas da capital capixaba

A dificuldade em encontrar oportunidades de emprego, somada a histórias de problemas familiares e envolvimento com drogas, tem contribuído para o aumento da população que vive nas ruas da Grande Vitória. Somente na capital, 235 moradores de rua foram registrados pelo município, de janeiro a junho de 2017. Contudo, uma iniciativa de uma empresa de fast food, em parceria com o Projeto Escola da Vida, da Prefeitura de Vitória, vem trazendo esperança de uma vida melhor e resgate da cidadania para essas pessoas.

O McDonald’s foi a primeira empresa a aderir ao projeto, contratando seis ex-moradores de rua para atuar nos restaurantes. Na parceria realizada com a prefeitura, os candidatos são preparados, selecionados pelo projeto e encaminhados para uma entrevista no McDonald´s. Aprovados, eles iniciam um período de experiência e treinamento, que inclui técnicas de atendimento ao consumidor, importância da segurança alimentar e funções do restaurante. Não é exigida experiência dos candidatos.

“Queremos ser uma empresa cidadã, trabalhar em sintonia com a comunidade e oferecer serviços e oportunidades de emprego para toda a população. Com esse projeto, os ex-moradores de rua recuperam sua autoestima e são preparados para recomeçar sua vida”, disse Marco Correia, franqueado do McDonald´s em Vitória.

Marco ressalta ainda que a visão do empresário nos dias de hoje, diante dos problemas econômicos e sociais do país, não pode ser apenas de lucro, mas também de responsabilidade social.

No restaurante, os funcionários atuam em escala de 44 horas semanais, com diversas funções, desde a limpeza até a preparação dos alimentos. “Eles estão tendo um desempenho excelente, são comprometidos com o trabalho e nunca faltam”, aponta Correia.

“Sem essa parceria com o McDonald’s, seria muito difícil reintroduzir essas pessoas no mercado de trabalho. Só temos que agradecer por esse gesto de amor”, ressalta o gerente do Projeto Escola da Vida, Edinho Lima.
Edinho explica que o objetivo é possibilitar a reinserção social, familiar e no mercado de trabalho dessas pessoas, tornando-as capazes de serem protagonistas de suas vidas.

Contratação

Iniciada em São Paulo, por meio do programa Trabalho Novo da prefeitura, a contratação de pessoas em risco social tem a primeira extensão da ação realizada pelo McDonald’s em Vitória. A proposta é que, assim como no programa inicial, os egressos possam deixar o abrigo municipal, retornando para seus familiares ou alugando seus próprios espaços.

“A proposta de contratar pessoas em risco social tem total sinergia com os valores da marca. Nosso compromisso é empregar quem quer e precisa trabalhar”, afirma Paulo Camargo, presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados, empresa que opera o McDonald’s na América Latina.

O executivo também destaca que a rede contrata, todos os dias, centenas de pessoas, independentemente de classe, credo ou gênero.