• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Família organiza vaquinha online para custear tratamento de jovem com Leucemia

  • COMPARTILHE
Geral

Família organiza vaquinha online para custear tratamento de jovem com Leucemia

Medicamento não é produzido no Brasil e custa mais de R$ 200 mil

Diagnosticado com Leucemia Mielóide Aguda (LMA), o jovem Marcos Silva de Oliveira, 29, natural de Itabira (MG), conseguiu encontrar um doador de médula 100% compatível, o que pode garantir sua cura. Porém, para realizar o transplante, Marcos Guerreiro, como é conhecido por amigos e familiares, precisa primeiro realizar um tratamento para reduzir a quantidade de células doentes no organismo que custa mais de 200 mil reais.

Para conseguir a quantia, a família organizou uma vaquinha na internet, além de uma campanha nas redes para divulgar o caso. De acordo com a prima de Marcos, a engenheira Flaviane Mirtho Soares, a droga que Marcos precisa não é fabricada no Brasil. "É um medicamento importado e nós não conseguimos com o plano de saúde, pois os lotes do medicamento que estavam disponíveis para uso foram suspensos por contaminação", contou a prima.


Flaviane disse ainda que apesar de grande, a família não tem condições de custear as despesas desse tratamento, por isso, ela e as primas Adriane Paola de Oliveira e Ana Paula Oliveira organizaram uma campanha nas redes. "Precismos muito de ajuda. Nosso familiares estão vendendo casa, carros, mas ainda não conseguimos o valor. Contamos com apoio de todos e com fé em Deus vamos conseguir", espera.

A vaquinha online teve início na última sexta-feira e o objetivo é arrecadar R$ 213.300,00, valor do medicamento. Até o momento, o site contabilizou R$ 4.742,00, mas segundo Flaviane alguns depósitos que foram realizados ainda não estão contabilizados.

No site por onde estão sendo feitas as doações, é possível conferir toda história de Marcos. Na página, também há um vídeo do próprio Marcos, onde ele conta que foi diagnosticado em 2015, passando por algumas sessões de quimioterapia, mas a doença progrediu. "Cheguei a iniciar o tratamento, mas com a suspensão dos lotes, tive que continuar com um medicamento alternativo que não respondeu bem", conta o jovem no depoimento.

Confira:


Marcos está internato em hospital particular em Belo Horizonte

Dados para depósito:

Banco Bradesco
Agência: 1685 conta 1003817-0
CPF 093.283.476-02