• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Governo anuncia acordo para contratar projeto de construção de 17 novas barragens

  • COMPARTILHE
Geral

Governo anuncia acordo para contratar projeto de construção de 17 novas barragens

Afonso Cláudio, Cachoeiro do Itapemirim e Nova Venécia são algumas das cidades que serão beneficiadas

Doze municípios capixabas receberão investimentos para ampliação da reservação de água para o enfrentamento de futuros períodos de estiagem. Foi assinado nesta terça-feira, (11), no Palácio Anchieta, acordo de cooperação entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), o Sicoob, ES em Ação e os municípios beneficiados para a contratação de 17 projetos de barragens.

As cidades beneficiadas com os projetos serão Afonso Cláudio, Águia Branca, Cachoeiro de Itapemirim, Governador Lindenberg, Iúna, Linhares (2), Nova Venécia (3), Rio Bananal, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha (3), Vila Pavão e Vila Valério. Participaram da solenidade o governador Paulo Hartung, o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, além de representantes do Sicoob, ES em Ação, prefeitos municipais, deputados estaduais e lideranças.

No acordo firmado, o Sicoob repassará R$ 1 milhão para a contratação dos projetos, que será realizada pelo ES em Ação. A Seag fica responsável pelo acompanhamento do projeto e execução da obra, e as prefeituras locais ficam responsáveis pela gestão da obra, licenciamento, titularidade de terras, entre outros.

Os projetos deverão ser concluídos em até seis meses. Em seguida, será aberto o processo licitatório para a contratação de empresa para a execução da obra. A quantidade de armazenamento dos reservatórios e extensão da área que a barragem ocupará serão definidas de acordo com os projetos que serão elaborados.

O governador Paulo Hartung destacou a importância da parceria com o cooperativismo para dar seguimento ao Programa. "Estou muito feliz por ter colocado esse projeto de pé em plena crise que estamos vivenciando no país. Estamos avançando, estou visitando e entregando obras em um tema que não foi debatido no último processo eleitoral que participamos. Ao chegar nesse Governo, criamos um Comitê para atuar com este tema e um dos frutos é o Programa de Barragens", explicou o governador.

O secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, afirmou que a parceria com o Sicoob para a elaboração dos projetos dará agilidade ao processo de execução das obras. “No Programa Estadual de Construção de Barragens temos obras prontas, em andamento, algumas sendo licitadas e outras com projetos de engenharia em execução, como é o caso do anúncio de hoje. O Sicoob é um banco muito próximo do produtor rural e vem dar agilidade a contratação do projeto das 17 barragens. A previsão é de que até o final do ano que vem essas barragens estejam concluídas. O que o Governo tem feito é ampliar a capacidade de lidar com a crise hídrica com a construção de reservatórios, reflorestamento e implantação dos planos de bacias”, disse o secretário.

O diretor-presidente do Sicoob, Bento Venturim, afirmou que é preciso unir esforços para se enfrentar a estiagem e garantir água para a população e para o produtor rural. “Estamos aqui oferendo essa parceria nessa situação específica depois desse período de seca que passamos. Nós sentimos na própria pele e decidimos participar desse programa para elaboração dos projetos de engenharia das barragens. Estamos colocando R$ 1 milhão para que junto com o governo e prefeituras tenhamos menos angústia para situações de estiagem como esta pela qual passamos", disse Bento Venturim.

Programa Estadual de Construção de Barragens

O Programa Estadual de Construção de Barragens prevê o investimento de R$ 60 milhões, por meio de recursos da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), para a implantação de 60 reservatórios de água no interior do Estado até 2018.

A estimativa é que, com a implantação de todas as barragens, sejam armazenados 67,2 bilhões de litros de água: o suficiente para abastecer 1,2 milhão de pessoas durante um ano, ou irrigar 22 mil hectares de café.