• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Marinha vai investigar causas do naufrágio com pescadores de Itapemirim

  • COMPARTILHE
Geral

Marinha vai investigar causas do naufrágio com pescadores de Itapemirim

Três tripulantes foram resgatados com vida na tarde da última quarta-feira (26), e chegaram ao Porto de Itaipava no início da manhã desta quinta-feira (27).

A Marinha do Brasil instaurou um Procedimento Administrativo para apurar as causas do acidente e as responsabilidades no naufrágio com seis tribulantes de Itapemirim, a cerca de 80 milhas da costa de São João da Barra, no Rio de Janeiro. Três pescadores ainda estão desaparecidos.

Na tarde da última quarta-feira (26), a embarcação pesqueira 'Lavínia II' resgatou três dos seis pescadores que estavam na embarcação 'Kairós', naufragada durante a madrugada. Os tripulantes resgatados desembarcaram no início da manhã desta quinta-feira (27), no Porto de Itaipava, em Itapemirim, e foram encaminhados para o Hospital Menino Jesus, onde foram atendidos e, em seguida, receberam alta.

A operação de busca e salvamento aos demais tripulantes desaparecidos continua sendo realizada pelo Navio-Patrulha 'Macaé', com o apoio de uma aeronave C-130 Hércules pertencente à Força Aérea Brasileira, além da embarcação offshore “Elizabeth C”.

Os pescadores saíram de Itaipava na manhã da última terça-feira (25) em direção à bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro. Os três resgatados contaram, ao desembarcar nesta quinta-feira (27), que por volta de meia noite da última quarta-feira (26), perceberam que estava entrando água na embarcação e tentaram vedar, sem saber de onde entrava a água. Por volta de 1h, o barco começou a afundar e eles emitiram o primeiro pedido de socorro para as embarcações e para a estação de rádio do Porto de Itaipava.