• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Palácio Anchieta completa 466 anos de história em Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Palácio Anchieta completa 466 anos de história em Vitória

O prédio foi inaugurado em 25 de julho de 1551 e passou por diversas transformações ao longo do tempo

Um patrimônio capixaba em celebração de sua história e realizações. O Palácio Anchieta – sede do Governo do Estado – completa 466 anos, nesta terça-feira (25). Localizado no Centro Histórico de Vitória, o local é um notável marco arquitetônico no Espírito Santo, que além de abrigar o ponto principal do Poder Executivo, também é utilizado como um importante espaço cultural por meios de exposições e diversas atividades. Objetos, mobiliário, Fotos, documentos, e obras de arte integram seu acervo permanente, exposto nos diversos salões do local.

Para muitos estudiosos, a origem do prédio se confunde com a da cidade de Vitória. Erguido sobre a estrutura do Colégio e Residência Jesuítica de São Tiago, assim intitulado devido ao santo adotado pelos padres da Companhia de Jesus em sua missão, em meados século XVI. Em 1798, recuperado de um incêndio ocorrido dois anos antes, o prédio é denominado Palácio do Governo. Outro fato notório foi a reforma feita para receber, em 1860, Dom Pedro II e Dona Teresa Cristina Maria, numa visita de 15 dias.

Mas foi somente no início do período republicano, em 1908, já no Governo de Jerônimo Monteiro, (1908 -1912) que seria feita a reconstrução do Palácio, transformando radicalmente as feições do conjunto e no que remete a sua apresentação atual. Foi a partir deste momento que o local se transformou em um espaço de marcantes momentos de transformações e articulações políticas.

No ano de 1945, no aniversário da morte do então Padre José de Anchieta, o governador da época, Jones dos Santos Neves, publica decreto nomeando a sede do Governo Estadual como Palácio Anchieta, que guarda o túmulo simbólico do padre desde 1922. O edifício foi tombado pelo Conselho Estadual de Cultura, em 1983.

No período de 2004 a 2009, houve uma ampla obra de restauro, além de intervenções modificadoras da estrutura física do edifício. Iniciada pelas fachadas e pelo telhado, ela inclui a manutenção de espaços internos, como os salões, e a criação de ambientes destinados a exposições e eventos. Foi neste contexto que o local foi aberto à visitação pública. Hoje, o Palácio Anchieta destaca-se em seu ambiente pela dominância de sua escala, de sua volumetria e de sua linguagem arquitetural que encanta moradores e turistas que frequentam o Centro Histórico de Vitória.

Visitação

Aos visitantes, além da história capixaba, os acervos arqueológicos e pinturas podem ser contemplados em visitas durante a semana. Já aos sábados e domingos, os salões do Palácio Anchieta são abertos ao público, incluindo o Salão do Governador. As visitas acontecem de terça a sexta-feira, das 09 às 17h, e sábados e domingos, das 09 às 16h.

Descubra Vitória:

http://descubraoespiritosanto.es.gov.br/pt/cidade/vitoria.html