• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Professor está desaparecido há três dias no Pico da Bandeira

  • COMPARTILHE
Geral

Professor está desaparecido há três dias no Pico da Bandeira

O Corpo de Bombeiros realiza buscas no local e os trabalhos estão sendo acompanhados por familiares do professor. Ele estava acompanhado de um amigo, que o perdeu após a subida

Um professor universitário de Manhuaçu, em Minas Gerais, está desparecido no Parque Nacional do Caparaó desde o último sábado (11), quando seguia para subir o Pico da Bandeira, acompanhado de um amigo, pelo lado do Espírito Santo. Há três dias, o Corpo de Bombeiros realiza buscas pelo parque, acompanhados de familiares e amigos do professor.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Antônio Teodoro Dutra Júnior, estava no local acompanhado de um amigo. Eles encontraram um grupo de 32 pessoas e se juntaram para subir o Pico da Bandeira. Eles chegaram ao cume, no entanto, durante a descida, o professor se perdeu do grupo. Somente quando chegaram até a área da casa queimada, ponto de encontro para as subidas no pico pelo lado do Espírito Santo, que o amigo percebeu o desaparecimento de Antônio.

Imediatamente, eles acionaram o Corpo de Bombeiros e a portaria do Parque Nacional do Caparaó, em Dores do Rio Preto, para dar início as buscas. Como está muito frio na região, as buscas tem sido encerradas mais cedo, e retomada logo nas primeiras horas da manhã. Nesta terça-feira (11), o helicóptero da Polícia Militar vai ajudar nas buscas.

Por causa do clima, o Pico da Bandeira é um dos locais preferidos para os amantes de aventura. No entanto, o local requer cuidados, como apontam especialistas, pois com a geada na região, os caminhos ficam escorregadios e perigosos. O indicado é subir ao cume somente acompanhado de guias, que conhecem a região.