• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Quase 4 mil capixabas estão na fila da emissão de passaportes

  • COMPARTILHE
Geral

Quase 4 mil capixabas estão na fila da emissão de passaportes

Em todo o Brasil, mais de 175 mil documentos aguardam a emissão. Estima-se que a situação seja normalizada em cinco semanas

A emissão de passaportes foi reiniciada nesta segunda-feira (24) pela Casa da Moeda do Brasil (CMB). Somente no Espírito Santo, 3.900 documentos aguardam a confecção. Em todo o Brasil, esse número é de 175 mil.

De acordo com a Polícia Federal no Espírito Santo, a previsão para regularização dos prazos de entrega devem ser normalizados, gradativamente, em aproximadamente 30 dias. Ainda não há previsão para a entrega dos documentos já solicitados, mas os requerentes devem receber uma comunicação por e-mail assim que o passaporte chegar à unidade onde foi solicitado.

A notícia da suspensão da emissão pela Casa da Moeda fez com que houvesse uma redução no número da procura pelo documento. No Espírito Santo, nos seis primeiros meses do ano, a média mensal de requerimentos ficou em 4.900.

Com o retorno da emissão dos documentos, a Casa da Moeda iniciou uma megaoperação para zerar a fila das pedidos pendentes. “Por entender a importância da urgente normalização do serviço, a CMB vai trabalhar 24 horas por dia, sete dias por semana, a partir de segunda feira (24), arcando com custos extras para atender a todas as solicitações feitas pelos cidadãos nos postos da DPF [Departamento de Polícia Federal] durante os dias de suspensão”, informou a Casa da Moeda em nota.

A Casa da Moeda estima que em até cinco semanas o serviço esteja regularizado, zerando a fila de espera. O serviço estava suspenso desde 27 de junho, após a PF anunciar que não tinha recursos financeiros para continuar emitindo o documento. No último dia 21, o Ministério da Justiça enviou uma verba extra de R$ 102 milhões para a regularização da expedição de passaportes.