• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China elogia comentários de secretário de Estado dos EUA sobre a Coreia do Norte

  • COMPARTILHE
Geral

China elogia comentários de secretário de Estado dos EUA sobre a Coreia do Norte

Tilleron também continuou a pressionar por ajuda chinês em relação à Coreia do Norte devido à relação econômica especial entre os dois países asiáticos

O ministro de Relações Exteriores da China, Wang Yi, elogiou os comentários feitos pelo secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, que reafirma à Coreia do Norte que Washington não busca uma mudança no regime de Kim Jong Un.

Em uma breve coletiva a repórteres, Wang afirmou que a China espera que todos os lados possam "se reunir para encontrar um plano fundamental que resolva as preocupações de segurança de todas as partes, por meio de um diálogo igual". No entanto, Tillerson também disse que os EUA não pensam que negociações produtivas teriam resultado se a Coreia do Norte tivesse a intenção de manter seu projeto de armas nucleares.

Tilleron também continuou a pressionar por ajuda chinês em relação à Coreia do Norte devido à relação econômica especial entre os dois países asiáticos. Ele afirmou que o problema norte-coreano não é culpa da China, mas que Pequim deve ajudar a criar condições para negociações produtivas.

A China é o maior parceiro comercial de Pyongyang e fonte de alimentos e combustíveis. As empresas chinesas também têm um monopólio virtual sobre os investimentos na economia norte-coreana, em particular os recursos naturais.

O presidente dos EUA, Donald Trump, ficou cada vez mais frustrado com o que ele diz ser uma relutância da China em controlar a Coreia do Norte. "Estou muito decepcionado com a China. Nossos líderes do passado foram tolos ao permitir que eles fizessem centenas de bilhões de dólares por ano no comércio", tuitou o republicano recentemente. "E eles não fazem NADA por nós com a Coreia do Norte. Apenas falam. Não permitiremos que isso continue. A China poderia facilmente resolver esse problema!"

Pequim já afirmou que não tem responsabilidade por resolver o impasse nuclear da Coreia do Norte sozinho e comentou que outros países estão se esquivando de suas responsabilidades no esforço para reduzir as tensões. Fonte: Associated Press.