• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dormir bem pode ajudar a emagrecer, ganhar massa muscular e até a melhorar desempenho sexual

  • COMPARTILHE
Geral

Dormir bem pode ajudar a emagrecer, ganhar massa muscular e até a melhorar desempenho sexual

Além disso, dormir mal pode causar, mau humor, diminuição de memória e atenção, aparência envelhecida, dentre outros

Todos já ouvimos em algum lugar que o ideal é dormir cerca de 8 horas por noite, mas a variação ideal pode estar entre seis e nove horas de sono por noite. Na verdade, existem variações individuais na quantidade de sono necessária, que é o chamado relógio biológico. Alguns indivíduos sentem-se muito bem com 5 horas de sono por noite, já outros necessitam de 10 horas. Mas vale lembrar que dormir pouco (cerca de 4 a 5 horas) ou dormir demais (9 ou 10 horas) também nos levam a desenvolver doenças.

Segundo a nutricionista Estela Reginatto, a correria do dia a dia, o stress, as extensas jornadas de trabalho e o crescente uso de aparelhos eletrônicos impactaram diretamente a quantidade e qualidade do sono. Ela diz que a redução do tempo de sono prejudica o funcionamento de diversos sistemas fisiológicos no organismo, aumentando o risco desenvolver doenças, alterações de humor e risco muito aumentado de acidentes.

“O sono possui 4 fases, a fase 1, a fase 2, a fase 3 e o REM. As fases 1, 2 e 3 são responsáveis pelo aumento da massa muscular, liberação do hormônio GH, restauração e renovação de tecidos. Já o sono REM é a fase de consolidação do aprendizado. As fases 1, 2 e 3 acorrem nas primeiras 80% do sono inicial e a fase REM nos últimos 20% de sono da noite”, fala Estela.

Consequências de uma noite de sono mal dormida:

Mal humor;
Diminuição de memória e atenção;
Aparência envelhecida;
Aumento do gordura abdominal corporal (abdômen e tronco);
Aumento do risco de acidentes;
Diminuição do sistema imunológico;
Diminuição da libido.

“A insônia relaciona-se quando acordamos várias vezes durante o sono ou quando acordamos a noite e não conseguimos mais adormecer. Se esses sinais ocorrem três ou mais vezes na semana e persistem por três ou mais meses, podem impactar significativamente na saúde de modo geral”, comenta Estela.

“A luz elétrica e aparelhos de celulares são disruptores do sono, ou seja, atrapalham a produção de melatonina durante a noite, pois a luz do celular estimula produção do cortisol e logo, você fica com mais dificuldade de adormecer”, completa a nutricionista

Benefícios de uma boa noite de sono:

- Durante o sono produzimos o hormônio do crescimento, o famoso GH que é responsável, peso crescimento nas crianças e renovação celular no adulto, ele vem desenvolver inúmeros benefícios na nossa saúde, tais como: redução significativa do percentual de gordura, aumento da massa muscular (ganho de músculos), fortalecimento dos ossos e articulações, combatendo a osteoporose, pele mais saudável e bonita, melhora seu desempenho sexual e melhor cicatrização.

- Controle do apetite e emagrecimento - Durante o sono o organismo produz a leptina, um hormônio responsável por nos trazer a sensação de saciedade. Ele é produzido durante o sono. Quem apresenta baixos níveis desse hormônio acaba comendo mais e o resultado é o ganho de peso. Estudos comprovam, que o sono regular consegue queimar mais gorduras, logo, o peso corporal pode ser controlado com mais facilidade e a perda de peso pode ocorrer com maior facilidade.

- Dormir bem ajuda no controle adequado da pressão arterial e o diabetes - A hipertensão e o diabetes são alguns dos fatores de risco que pode prejudicar o desempenho sexual. Uma boa noite de sono ajuda a controlar os níveis de pressão arterial, pois quando estamos dormindo a frequência cardíaca diminui. Nesse processo, há uma regulação da pressão arterial, o que não vai ocorrer caso você não tenha uma boa noite de sono.

Dicas para dormir bem:

- Ao entrar no quarto para dormir, apague todas as luzes, inclusive as do aparelho de ar condicionado ou outro aparelho que possua alguma luz, a sugestão é colocar um pedacinho de fita escura para ocultar a luz;

- Evitar pegar no celular caso as luzes do quarto já estejam apagadas;

- Evite tomar café após às 16h;

- Tomar chás que ajudam no relaxamento após o jantar, como hortelã, camomila, erva-doce ou mulungu, são muito indicados no período da noite;

- Praticar atividade física regularmente.

Live sobre o assunto

Nesta terça-feira (15), às 18h, a nutricionista Estela Reginatto participa de uma entrevista ao vivo na Fanpage do Jornal Online Folha Vitória no Facebook. Têm dúvidas sobre o assunto? Fique ligado e participe da transmissão enviando seu relato ou questionamento sobre sono.