• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Você sabe por que os motoristas do Transcol não usam cinto de segurança?

  • COMPARTILHE
Geral

Você sabe por que os motoristas do Transcol não usam cinto de segurança?

Se o Código de Trânsito Brasileiro obriga o uso, por que eles não são multados? O Folha Vitória buscou a resposta para esta questão

O Código de Transito Brasileiro (CTB) deixa bem claro que o uso do cinto de segurança é obrigatório para motoristas e passageiros de veículos em todas as vias do território nacional. Caso a regra não seja cumprida, o condutor do veículo estará cometendo infração grave, é multado e perde cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

No entanto, quem utiliza os ônibus do sistema Transcol já deve ter reparado que a grande maioria dos motoristas destes veículos não faz o uso do equipamento de segurança. Por que eles não usam? Por que não são multados por isso? Policiais e agentes de Trânsito fazem 'vista grossa' para eles?

Para esclarecer essa dúvida, o Jornal Online Folha Vitória foi pesquisar e as nossas primeiras fontes foram os principais envolvidos na questão: os motoristas. Perguntamos para vários deles e, após desfazer a cara de surpresa com a indagação, a grande maioria disse não saber a resposta e até disseram algumas teorias que acreditam ser a justificativa.

"Trabalhamos com muitas vidas. Se o passageiro não tem o cinto para usar, eu também não preciso", sugeriu um motorista. "Não sei, mas creio que seja um acordo do Sindicato [dos Rodoviários] com a Ceturb", acredita outro profissional.

Levamos o questionamento à Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV), que esclareceu que não se trata de um acordo, mas o próprio CTB diz que o uso do equipamento é opcional para estes condutores. "O artigo 105 do Código de Trânsito Brasileiro estabelece os equipamentos obrigatórios de segurança para os veículos e exclui a obrigatoriedade do cinto de segurança em veículos de transporte coletivo que permitam o transporte de passageiros em pé, o que é o caso dos ônibus urbanos", disse a nota.