• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Amigos e familiares lotam missa em homenagem à médica morta em Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Amigos e familiares lotam missa em homenagem à médica morta em Vitória

Milena Gottardi Tonini Frasson foi baleada na cabeça quando saía do trabalho, no Hucam, e teve morte confirmada no último dia 15

Amigos e familiares lotaram a capela do Hospital Universitário, no Campus da UFES, em Vitória, onde participaram da missa de 7º dia da médica Milena Gottardi Tonini Frasson, morta após ser baleada no último dia 14.

 A homenagem, que aconteceu na manhã desta quinta-feira,  foi celebrada pelo Bispo da Arquidiocese de Vitória, Dom Rubens Sevilha, que defendeu que o crime seja esclarecido o mais rápido possível pelas autoridades responsáveis. Além disso, o Bispo lamentou a morte e a classificou como mais uma vítima de feminicídio, tipo de crime recorrente no estado. 

Marcada pela emoção, o ato religioso ainda teve louvores e depoimentos voltados para o conforto da família e pela esperança de elucidação do crime. Parentes próximos da médica, muito emocionados, preferiram não falar com a imprensa.

Considerada pelos amigos uma excelente profissional e uma mãe dedicada, a palavra em torno da homenagem a médica Milena Gottardi foi saudade.

Entenda o caso

A pediatra oncologista Milena Gottardi Tonini Frasson, de 38 anos, foi baleada na cabeça em um local utilizado como estacionamento do Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (Hucam), na Avenida Marechal Campos, em Vitória.

A médica estava acompanhada de uma amiga quando foi baleada. De acordo com a testemunha, a vítima teria sido atingida por três disparos. O criminoso fugiu sem levar nenhum dos pertences das médicas.