• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Capixaba Yamaguchi Falcão relata dificuldades nos Estados Unidos por conta do furacão Irma

  • COMPARTILHE
Geral

Capixaba Yamaguchi Falcão relata dificuldades nos Estados Unidos por conta do furacão Irma

Instalado em uma academia na cidade de Plant City, a cerca de 100 quilômetros de Orlando, Yamaguchi ficará no local junto com a esposa e outras 10 pessoas, dentre elas seu treinador José Rodriguez e seus familiares

Treinando nos Estados Unidos há cinco meses, o lutador capixaba Yamaguchi Falcão, de 29 anos, é mais uma das milhares de pessoas que vem se preparando para a passagem do furacão Irma, que deve atingir a costa da Florida, nos Estados Unidos, na manhã deste domingo (10).

Instalado em uma academia na cidade de Plant City, a cerca de 100 quilômetros de Orlando, Yamaguchi ficará no local junto com a esposa e outras 10 pessoas, dentre elas seu treinador José Rodriguez e seus familiares.

"Estamos no abrigo, confiantes e rezando para que tudo dê certo e para saírmos dessa situação tão difícil. Ninguém espera encarar um furacão na vida, mas fizemos nossa parte, seguimos as instruções do governo e agora é esperar e pedir para Deus nos proteger", explicou.

Como devem ficar no local por alguns dias, Yamaguchi e as demais pessoas precisaram estocar mantimentos, dentre eles água, enlatados e descartáveis. Por falta de local adequado, algumas camas precisaram ser colocadas dentro do ringue, contou o lutador, que vem postando vídeos em suas redes sociais para tranquilizar familiares, amigos e fãs.

"Falo com eles (família) todos os dias. Eles estão bem tensos e preocupados, inclusive a família da minha esposa. Mas já mostramos para eles nosso abrigo e que estamos bem e confiantes", frisou.

A previsão é que o furacão Irma chegue a região de Orlando com bastante força, o que obrigou o lutador e demais pessoas a realizarem alguns procedimentos de segurança.

"Todos os vidros já estão com madeiras e vamos colocar sacos de areia nas portas. Queremos nos proteger de todas as maneiras. Como temos espaço, ainda colocaremos alguns carros aqui dentro do ginásio", finalizou Yamaguchi.