• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Líderes comunitários participam de oficinas de notícias

  • COMPARTILHE
Geral

Líderes comunitários participam de oficinas de notícias

Capacitação é oferecida por alunos do curso de jornalismo de um Centro Universitário de Vitória. Os representantes e lideres comunitários puderam aprender técnicas sobre o Whatsapp e Facebook

Uma manhã que uniu a informação e representantes comunitários. Lideranças e representantes de projetos sociais do Território do Bem, em Vitória, participaram neste sábado, 30, de um dia repleto de atividades. O projeto de capacitação visa atender a demanda de comunicação instantânea de redes sociais, nas comunidades de São Benedito, Jaburu, Itararé, Floresta, Engenharia, Bonfim, Bairro da Penha, Consolação e também aprimorar a relação com a imprensa.

O objetivo é colaborar na democratização da informação e reforçar a importância das lideranças para a promoção do desenvolvimento dos componentes econômico, social, ambiental e cultural de maneira integrada nestes locai e realizar um elo entre alunos de jornalismo e comunidade. 

O estudante do sexto período de Jornalismo e um dos palestrante na oficinas destacou a importância da ligação com a comunidade. 

"Gostei muito de participar da oficina. Além de colocar meu conhecimento acadêmico em prática, eu pude ter o contato com os líderes comunitários e aprender, junto com eles, como desenvolver uma comunicação mais social voltada para o povo", disse Ygor Cássio.

A proposta é trazer conhecimentos e prática de comunicação comunitária em redes sociais com ênfase em WhatsApp e Facebook. Durante a capacitação,  foram esclarecidos conceitos ligados à comunicação e às redes sociais, estimulando os participantes a produzirem conteúdos diferenciados com os próprios Smartphones, sobre os bairros em que residem e atuam. 

No primeiro encontro foi apresentado a forma correta de produção e divulgação de textos e áudios por meio das redes sociais. Posteriormente, em um segundo encontro, será ensinado técnicas de fotografia e vídeo. Gê Cassilhas, que é moradora do território do bem e funcionária de um banco que existe na região, mostrou se satisfeita com a iniciativa e o aprendizado. "É de uma extrema importância para a gente tá numa oficina como essa, pois ela auxilia na comunicação ao apresentar técnicas para facilitar o envio de uma notícia pelo Whatsapp", Gê Cassilhas.

Território do Bem

O Território do Bem tem 31 mil habitantes e é formado pelas comunidades de São Benedito, Jaburu, Itararé, Floresta, Engenharia, Bonfim, Bairro da Penha e Consolação. É a denominação conferida pelos próprios moradores, através de suas instâncias organizativas, à região chamada pela Prefeitura de Poligonal 1, na área central de Vitória. O nome Bem vem da moeda social que deu início ao processo de integração das comunidades deste território. O Banco Bem, banco comunitário local, foi a estrutura comunitária que começou a mobilização e articulação de moradores de diferentes comunidades no mesmo espaço social e geográfico.