• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Macacos são encontrados mortos em colégio particular de Vila Velha

  • COMPARTILHE
Geral

Macacos são encontrados mortos em colégio particular de Vila Velha

Fim do surto de febre amarela foi anunciado no último dia 06. Último caso no Estado foi registrado em junho

Dois macacos da espécie sagui foram encontrados mortos no parque de um colégio particular em Vila Velha na última semana. A informação consta em uma circular distribuídas aos pais e responsáveis dos alunos nesta quarta-feira (27). 

Segundo o comunicado, os macacos, por fazerem parte da fauna do local, costumam transitar pelas áreas externas da nossa instituição. A circular diz ainda que,  ao encontrar os animais, o colégio acionou a Vigilância de Zoonoses de Vila Velha (ES), que tomou as providências cabíveis. 

No texto, assinado pela direção da instituição, o colégio ainda faz orientações para prevenir o risco da contaminação pelo vírus da febre amarela (que pode ter o macaco como seu hospedeiro) como vacinação e uso de repelentes. 

No último dia (6), o Ministério da Saúde anunciou o fim do surto de febre amarela no Brasil em 2017. De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado, o último caso da doença no país foi registrado no Espírito Santo, no dia 16 de junho.

No período de dezembro de 2016 até 1º de agosto de 2017, foram confirmados 777 casos da doença. Destes, 261 evoluiram para óbito. A maioria dos casos foram registrados na região sudeste, sendo Minas Gerais o Estado com maior incidência.

Desde abril de 2017, foi adotado o esquema vacinal de dose única durante toda a vida. Ou seja, quem já tomou alguma dose da vacina contra a febre amarela, não precisa repetir a dose.