• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Secretaria de Saúde lança nova metodologia para regionalizar e otimizar atendimento médico no ES

  • COMPARTILHE
Geral

Secretaria de Saúde lança nova metodologia para regionalizar e otimizar atendimento médico no ES

Localizada em Nova Venécia, a primeira Unidade da Rede Cuidar é formada por um consórcio de municípios da Região Norte e a Secretária de Estado da Saúde

Com capacidade para atender para ofertar até 244 mil procedimentos por ano, entre consultas a Unidade da Rede Cuidar, que será inaugurada nesta sexta-feira (15), pretende levar acesso à exames especializados para os usuários do SUS, que são encaminhados pelos municípios, via sistema de regulação, disponibilizando 15 diferentes especialidades médicas e cerca de 120 diferentes tipos entre consultas e exames especializados.

A inauguração da unidade faz parte da Rede Cuidar, explicada pelo secretario de Estado da Saúde Ricardo de Oliveira como uma nova forma de cuidar da saúde da população e propõe a reorganização do atendimento no sistema de saúde pública do Espírito Santo, definindo as funções essenciais no âmbito da atenção primária, secundária e terciária, garantindo um fluxo mais adequado à integralidade do atendimento, e dando maior eficiência aos gastos públicos com saúde

Segundo a Secretária de Estado da Saúde (Sesa), a Unidade deve garantir a integralidade da atenção aos usuários por meio da linha de cuidado materno infantil, doenças crônicas (hipertensão e diabetes) e oncologia (diagnóstico)."A maior demanda do sistema de saúde atualmente é o acesso ao serviço, como consultas, exames, internação é cirurgia. Diante deste cenário, parace que precisamos ampliar a estrutura hospitalar, mas não é esse o problema. Por exemplo, estimamos que 80 % dos pacientes que estão na porta do Hospital Infantil, por exemplo, não precisam estar lá, mas estão porque as unidades básicas não tem pediatras e mesmo onde as unidades funcionam com especialistas, é preciso reoganizar o atendimento", explica o secretario.

Na unidade de Nova Venécia, serão ofertadas consultas em oftalmologia, ginecologia/obstetrícia​, mastologia/oncologia, otorrinolaringologia, cardiologia, angiologia, ortopedia, nefrologia, neurologia, gastroenterologia, dermatologia, ​proctologia, pediatria, urologia e endocrinologia. A Unidade também contará com assistente social, psicólogo, farmacêutico, enfermeiro, nutricionista, fisioterapeuta, técnico de enfermagem, terapeuta ocupacional e educador físico. ​ Entre os ​exames especializados estão radiografia, mamografia, exames cardiovasculares, ultrassonografia e endoscopia.

A Região Norte de Saúde engloba os municípios de Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Conceição da Barra, Ecoporanga, Jaguaré, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, São Mateus e Vila Pavão. A Unidade será gerenciada pelo Consórcio Público da Região Norte do Espírito Santo (CIM Norte).

Menos descolocamento de pacientes

Para o secretário de Saúde, a Rede cuidar é importante pois reorganiza a atenção primária."A Rede Cuidar é regionalizada para acabar esse monte de gente na estrada. Já tiramos 55 mil pessoas em 2015 e 2016. A primeira unidade na região norte atende 14 municípios. Mas não é uma unidade de consultas e exames, é uma reorganização de todo sistema. A atenção primária tem que ser resolutiva, fazendo classificação de risco e saber os problemas daquela região", aponta Ricardo Oliveira.

Ainda segundo o secretário, a nova unidade na região norte oferta 10 vezes mais consultas e exames que o oferecido na região. Toda demanda da região norte será atendida. O cidadão dará entrada e terá um plano de cuidado integral. Ele vai passar pelos médicos necessários, pela nutricionista, vai passar pelo preparador físico e vai sair sabendo que 70% do problema é dele para investir na Educação da Saúde.

Para formar a rede, os prefeitos da região fizeram um consórcio. O ministério da saúde aplicou 50% dos recursos, o Estado 25 % e os municípios são responsáveis pelos outros 25%. De acordo com a Sesa, Unidades da Rede Cuidar devem começar a funcionar em Linhares e Santa Teresa até o final deste ano. Outras Unidades previstas serão em Pedra azul e Guacuí.

Rede Cuidar

Entre os benefícios da Rede Cuidar estão o atendimento mais próximo do cidadão, evitando deslocamento para a Grande Vitória; ampliação da oferta de consultas e exames; redução do tempo de espera para consultas e exames; atendimento personalizado e humanizado; integração das equipes da atenção primária às equipes da atenção especializada, garantindo um atendimento multiprofissional capaz de resolver até 95% dos problemas de saúde da população em sua própria região.

A novidade é que o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) poderá realizar consultas e a maioria dos exames no mesmo local, com uma equipe multiprofissional, e sairá do atendimento com um plano de cuidado que inclui orientações de nutrição e de atividades físicas.

Esse plano de cuidado será feito por um conjunto de especialistas (médico, enfermeiro, nutricionista, educador físico, assistente social, e outros) em função do caso de saúde de cada paciente. Com isso, o paciente não mais será atendido por um especialista e sairá da consulta com uma receita médica e um pedido de exames. O atendimento vai gerar dentro da unidade um plano de cuidados, que vai ser gerenciado, no dia a dia, pela equipe de atenção primária do município onde esse cidadão mora.

A atenção primária vai acompanhar o paciente para ver se ele está seguindo a dieta recomendada, se está fazendo atividade física, se está cuidando de uma lesão do pé diabético, se está tomando a medicação de forma adequada, se os exames que ele tinha que fazer foram realizados, enfim, isso tudo vai ser gerido pela atenção primária. E os dois serviços, PSF e Unidade Cuidar, vão interagir o tempo todo