• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Unidade Móvel de Atendimento à Mulher passará por quatro municípios do ES

  • COMPARTILHE
Geral

Unidade Móvel de Atendimento à Mulher passará por quatro municípios do ES

A equipe da unidade móvel presta serviços de assistência com psicólogos, defensores públicos, assistentes sociais e na área de saúde

Quatro municípios do interior do Estado vão receber, durante o mês de setembro, as ações da Unidade Móvel de Atendimento à Mulher. Haverá atendimento em Cachoeiro de Itapemirim já na próxima terça-feira (12). Os demais municípios receberão a unidade no fim do mês: Governador Lindenberg no dia 27, Colatina no dia 28, e São Roque do Canaã no dia 29.

O veículo é para atuar em atividades de prevenção, de conscientização e de combate à violência contra a mulher, desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e pelo Fórum Estadual Permanente de Enfrentamento da Violência contra as Mulheres do Campo, sempre com o apoio das prefeituras. 

“O Governo do Espírito Santo reconhece que o fenômeno da violência contra as mulheres constitui uma das principais formas de violação dos direitos humanos, atingindo diretamente o direito à vida, saúde e integridade física. Queremos abrir um espaço direto de atendimento, de combate e de prevenção, oferecendo um espaço de diálogo entre o poder público e a mulher”, salientou o secretário de Estado de Direitos Humanos, Julio Pompeu.

Agenda

Cachoeiro de Itapemirim será a primeira cidade a receber a unidade móvel, já na próxima terça-feira (12), no ginásio da comunidade de Itaoca. As ações estão confirmadas para acontecer das 8 às 16 horas, e ainda incluem contação de histórias, rodas de conversa, minicursos, apresentações culturais de teatro e de música, multivacinação de adultos e crianças, confecção do cartão SUS, entre outros serviços.

Em todas essas cidades que serão visitadas, de acordo com a subsecretária de Políticas para Mulheres, Helena Pacheco, o objetivo é garantir e proteger os direitos das mulheres em situação de violência que têm maior dificuldade de acesso à rede de serviços públicos, com ações que promovam o seu empoderamento e o acesso à justiça.

“Vamos estar mais próximos da população, fortalecendo a rede de serviços e mostrando que essas mulheres têm o nosso apoio para enfrentar os desafios”, explicou a subsecretária.

Unidade Móvel

Ao todo, 20 comunidades de municípios do interior do Estado serão visitadas até o fim deste ano. Além das quatro cidades previstas para setembro, outras duas cidades já foram atendidas, no mês de julho: Mucurici e Pinheiros.

A unidade móvel de atendimento às mulheres serve como espaço de interação entre sociedade civil e Governo, ampliando o alcance das políticas públicas e adequando-as a diferentes realidades.

O serviço disponibilizado nos ônibus é de atendimento multidisciplinar, composto por profissionais das áreas de serviço social, psicologia, jurídica e segurança pública, permitindo a interação de diversos serviços, a orientação adequada e humanizada, e principalmente o acesso das mulheres que vivem no campo aos serviços da rede de atendimento à mulher em situação de violência.

Grupo

O fórum, presidido pela subsecretária de Estado de Políticas para Mulheres, Helena Pacheco, foi criado pelo decreto de nº 4072-R, publicado no dia 08 de março de 2017, pelo governador Paulo Hartung.

O órgão, ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), tem como finalidade implementar as estratégicas e ações previstas do Pacto Estadual pelo Enfrentamento da Violência contra as Mulheres.