• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeiro é reconhecido como referência em saneamento básico no Brasil

  • COMPARTILHE
Geral

Cachoeiro é reconhecido como referência em saneamento básico no Brasil

Durante um simpósio promovido em São Paulo, a cidade capixaba foi apresentada como modelo de sucesso no avanço dos serviços de água e esgoto. O reconhecimento rendeu um troféu ao diretor da BRK Ambiental

O serviço de saneamento básico em Cachoeiro foi reconhecido mais uma vez pelo Instituto Trata Brasil, uma das entidades mais importantes do setor no país, e o município foi apresentado como referência na universalização dos serviços de água e esgoto, durante o seminário “Exemplos em Saneamento Básico – Municípios provam ser possível universalizar serviços e reduzir perdas de água”, em São Paulo.

O reconhecimento do Trata Brasil rendeu ao município um troféu, que foi entregue durante o seminário ao diretor da BRK Ambiental, Bruno Ravaglia. “É importante que experiências e modelos bem-sucedidos sejam compartilhados. O Brasil tem um desafio enorme no saneamento e Cachoeiro é um exemplo de cidade que apostou em um modelo pioneiro e os resultados estão aí para comprovar o acerto dessa escolha”, destaca.

Atualmente, 98,06% do esgoto de Cachoeiro são coletados, e destes 98,15% são tratados, o que corresponde a cerca de 21 milhões de litros de esgoto tratados diariamente, evitando a poluição do Rio Itapemirim e de córregos. No Brasil, mais de 100 milhões de pessoas ainda não contam com esse serviço. Com quase 212 mil habitantes, Cachoeiro está no seleto grupo de cidades brasileiras que já conseguiram enfrentar e resolver o problema.

Além do reconhecimento das cidades, uma das propostas do seminário foi a de compartilhar experiências que pudessem servir de inspiração para outras cidades. Em qualquer município, a universalização é um processo que envolve muito planejamento e grandes investimentos. Em Cachoeiro não foi diferente. A cidade foi uma das primeiras no Brasil a recorrer à iniciativa privada para garantir o avanço dos serviços.

“A universalização é o grande objetivo, mas os desafios continuam. A cidade cresce, se desenvolve, e o saneamento precisa acompanhar esse movimento. Vindo do Trata Brasil, uma das instituições mais compromissadas com a universalização dos serviços de saneamento no país, esse reconhecimento certamente tem uma importância ainda maior e nos estimula a continuar avançando”, finaliza Ravaglia.