• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

EUA dizem, na ONU, que interferência russa na eleição foi 'ato de guerra'

  • COMPARTILHE
Geral

EUA dizem, na ONU, que interferência russa na eleição foi 'ato de guerra'

Haley criticou os esforços russos para "semear o caos" na recente eleição durante uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, organizada pelo Instituo George W. Bush

A embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, descreveu a interferência russa na eleição presidencial americana de 2016 como um "ato de guerra".

Haley criticou os esforços russos para "semear o caos" na recente eleição durante uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, organizada pelo Instituo George W. Bush. "Os russos, Deus os abençoe, estão dizendo: 'por que os americanos são contra a Rússia? E por que estamos sofrendo sanções? Bem, não interfira em nossas eleições não seremos contra os russos", disse. A diplomata também afirmou que quando um país pode interferir nas eleições , "isso é uma guerra".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já questionou a determinação da comunidade de inteligência de que a Rússia interferiu na eleição de 2016. Funcionários federais estão investigando as ações da Rússia e a possibilidade de um conluio com a campanha de Trump. Fonte: Associated Press.