• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Animais, móveis e emprego. Confira os pedidos mais inusitados da campanha de Natal dos Correios

  • COMPARTILHE
Geral

Animais, móveis e emprego. Confira os pedidos mais inusitados da campanha de Natal dos Correios

Participam da campanha as crianças que cursam até o quinto ano das escolas públicas. Todos podem adotar uma cartinha

A soma é simples: Natal + Papai Noel + criança = Presentes! Todo final de ano, os sonhos de milhares de crianças são alimentados pela esperança de receber um agrado do bom velhinho. Alguns desejos, no entanto, não são muito comuns e, muitas vezes, impensáveis, quando se trata de uma criança.

Na campanha Papai Noel dos Correios, os pedidos das crianças participantes são os mais variados possíveis. Meninos e meninas escrevem suas cartinhas, aprendendo como usar o CEP, pedindo bolas, carrinhos, bonecas e muitos brinquedos. A proposta é que as pessoas adotem uma cartinha e doem o presente, realizado esses sonhos.

Neste ano, dentre os pedidos mais diferentes, estão o sonho de ter um animalzinho, como coelho, cachorro, hamster, calopsita e até mesmo um sapo. Mas estes desejos, infelizmente, não poderão ser realizados. Os Correios informaram que não podem transportar animais.

Outro pedido inusitado foi o desejo de ter uma cama, que já foi doada por um padrinho apoiador da campanha. Já outra criança pediu ao Papai Noel uma oportunidade de trabalho para a mãe. Segundo a assessoria dos Correios, uma madrinha está em busca da realização deste desejo, mas ainda não foi confirmado.

Para que nenhuma criança fique sem presente na campanha, os organizadores pedem que elas escrevam várias opções. Dessa forma, caso um dos pedidos não seja possível, haverá uma alternativa para o Papai Noel.

A campanha

Em todo o Espírito Santo, somente neste ano foram recebidas mais de 12 mil cartas. A campanha contempla os estudantes da rede pública até o quinto ano do Ensino Fundamental e de outras instituições, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Para fazer uma criança mais feliz no natal, basta procurar as agências dos Correios, escolher uma cartinha e entregar o presente no local indicado. O prazo para adotar uma das cartas terminou nessa terça-feira (28). A entrega dos presentes podem ser realizadas até a próxima sexta-feira (01). Depois disso, a própria empresa faz o trabalho do Papai Noel.