• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ensaio com bebês prematuros vira exposição e emociona família, mães e funcionários de Hospital

  • COMPARTILHE
Geral

Ensaio com bebês prematuros vira exposição e emociona família, mães e funcionários de Hospital

O mês de novembro é dedicado ao tema. No Brasil, a taxa de prematuridade é de 11,5%, quase duas vezes superior à observada nos países europeus

Um ensaio fotográfico realizado com bebês prematuros tem emocionado quem passa pela maternidade de um hospital de Vitória. A exposição foi realizada pela fotógrafa Gabi Oliveira e reuniu a história de vitória de 15 bebês que nasceram precocemente.

Segundo Gabi, a ideia era chamar atenção para o tema, já que o última dia 17 foi o dia mundial da prematuridade e o mês de novembro é dedicado ao assunto. "Essa foi uma questão que sempre me chamou atenção e me emociona muito. Tenho uma cliente de quem acompanhei a história e foi ai que surgiu a ideia", contou Gabi, que trabalha fazendo registro e ensaios de grávida e bebês.

A fotógrafa conta que recebeu muito apoio, tanto de médicos, enfermeiros e da própria administração do hospital, além das famílias das crianças para realizar o projeto batizado de "Pequenos Guerreiros".

"O retorno tem sido muito positivo de todas as partes. No dia da abertura da exposição, muita gente esteve presente e todos se emocionaram muito. Tem muita história emocionante, mas a ideia de expor a vitória deu esperança para as famílias que estão com bebês na Utin", comentou Gabi.

Gabi contou ainda que tem recebido muitas mensagens de apoio e que pretende dar continuidade ao projeto. "A exposição nesse hospital vai até o dia 24 de novembro, mas já tenho convites e devo levar para outros locais. Além disso, pretendo fazer outros ensaios do tipo. O próximo deve ser com crianças especiais.

Famílias se emocionam

Muitas famílias que participaram do projeto fotográfico "Pequenos Guerreiros" ou que visitaram a exposição enviaram mensagem de apoio e de agradecimento para a fotografa por meio das redes sociais.


Sobre a prematuridade

Gestação na adolescência, falta de cuidados pré-natais, tabagismo e a desinformação são alguns dos desencadeadores da prematuridade no Brasil, segundo estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

No Brasil, segundo o inquérito nacional sobre partos e nascimentos, feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e divulgado em dezembro de 2016, a taxa de prematuridade é de 11,5%, quase duas vezes superior à observada nos países europeus. Deste percentual, 74% são prematuros tardios (nascidos entre a 34ª e 36ª semana gestacional). A cada 30 segundos um bebê morre em consequência do nascimento antecipado. A média mundial de nascimentos de prematuros é de 10%, sendo que no Brasil esta taxa está acima, chegando a 12%, o que faz do país o 10º no ranking de nascimentos prematuros.

Os estados com maior prevalência de prematuridade são Minas Gerais, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Os mineiros lideram o ranking de nascimentos com 12,9% e são seguidos por São Paulo e Distrito Federal, que dividem o segundo lugar com um percentual de 12,6% de nascidos prematuros. No espírito Santo, somente a rede estadual hospitar registrou mais de 5 mil nascimentos prematuros. 


Exposição: Projeto Fotográfico "Pequenos Guerreiros - Por Gabi Oliveira

Local: Vitória Apart Hospital

Até 24/11/2017