• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Golpe no Whatsapp promete kit de Natal e passagens aéreas de graça

  • COMPARTILHE
Geral

Golpe no Whatsapp promete kit de Natal e passagens aéreas de graça

As mensagens, compartilhadas por diversos usuários, prometia kit de Natal de uma marca de perfume e até descontos em passagens aéreas

Nos últimos dias, diversos usuários do aplicativo Whatsapp foram vítimas de novos golpes. Desta vez, as mensagens compartilhadas prometiam kits de maquiagem de uma linha da empresa "O Boticário" e passagens aéreas gratuitas da companhia Gol.

No caso da empresa de perfumaria, a mensagem informava que seria feita uma grande campanha de divulgação. Quem clicasse nos links, seria direcionado para uma página falsa, com uma espécie de pesquisa. Para finalizar, o cliente deveria compartilhar a mensagem com outros contatos e baixar aplicativos suspeitos.

Nas mensagens relacionadas as passagens aéras, o sistema era bem parecido. No texto, também havia um link na qual o usuário era direcionado para uma página semelhante a original da empresa e era submetido à um questionário que pedia, entre outras informações, dados pessoais.

Os dois casos tratam de um golpe chamado Phishing, um programa malicioso que serve para roubar dados de usuários e até infectar os aparelhos com vírus. De acordo com informações da empresa de segurança PSafe, somente entre os meses de julho e setembro, mais de 21 milhões de casos foram detectados no Brasil.

Procurada pela reportagem, a Gol informou, por meio de nota, que orienta seus clientes para que não cliquem em mensagens de origem duvidosa, fora do padrão, com erros de ortografia, ofertas de prêmios em milhas e, principalmente, pedindo a confirmação de dados cadastrais.

A companhia também disse que preza pela segurança da informação em todos os canais de relacionamente. Segundo a Gol, a fonte original e confiável é o próprio site da companhia: www.voegol.com.br. Em caso de dúvidas, o mais indicado é procurar a Central de Atendimento da empresa.

A empresa de perfumaria "O Boticário" também foi procurada, mas não deu retorno a demanda até o fechamento desta reportagem.