• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Programa Ocupação Social vai levar ações ao Bairro da Penha, em Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Programa Ocupação Social vai levar ações ao Bairro da Penha, em Vitória

As primeiras ações serão promovidas pela secretaria de Esportes, que vai oferecer oficinas de lutas, como judô e jiu-jitsu

Com um índice histórico que apresenta 50% das vítimas de homicídios envolvendo jovens entre 15 e 24 anos, o Bairro da Penha, em Vitória, foi escolhido pelo Governo Estadual para receber as ações do Programa Ocupação Social. A proposta é de implementar ações com foco na educação, no desenvolvimento de habilidades socioemocionais e na geração de emprego e renda. 

A inclusão do Bairro da Penha no programa foi divulgada no final da manhã desta terça-feira (01), durante uma reunião de trabalho, no Palácio Anchieta, coordenada pelo governador em exercício César Colnago. Lideranças da comunidade e secretários de diversas pastas também estiveram presentes.

De acordo com o secretário de Estado dos Direitos Humanos, Júlio Pompeu, as ações visam prevenir as ocorrências criminais focadas na juventude, já que, segundo ele, boa parte da criminalidade tem a participação dos jovens. "O bairro se mostrou como uma região onde os números [de crimes] têm crescido. É uma região bem conflituosa. Vimos a necessidade de dar aos jovens uma outra perspectiva, não no crime", disse.

As primeiras ações do programa na região serão realizadas pela secretaria de Esportes. Segundo o secretário da pasta, Roberto Carneiro, em parceria com a prefeitura de Vitória, serão oferecidas oficinas de lutas para os jovens, como o judô e o jiu-jitsu. "Estamos dialogando com as igrejas para que a gente possa utilizar os locais físicos para ensinarmos as lutas", declarou.

A proposta do programa é reunir as lideranças comunitárias e religiosas para por em prática as ações. Carneiro também comentou sobre uma proposta de fechar uma parceria com a secretaria de Segurança Pública para implementar núcleos de luta da Polícia Militar no bairro.

Para a realização de outras modalidades esportivas, como futsal, o vôlei e o basquete, a proposta é utilizar as quadras das escolas municipais para atendimento da comunidade.

Pompeu também adiantou que todas as 26 áreas atendidas pelo programa Ocupação Social vão receber novas ações, frutos da parceria com a secretaria de Cultura e com o Senai, Sesi, Sebrae e Senac, que vão ofertar capacitação e o empreendedorismo. O Bandes, por sua vez, deve oferecer o microcrédito nos casos necessários. 

Também fazem parte do Ocupação Social, sete bairros na Serra: Feu Rosa, Vila Nova de Colares, Jardim Carapina, Novo Horizonte, Planalto Serrano, Bairro das Laranjeiras e Central Carapina; cinco em Vila Velha: Barramares, Ulisses Guimarães, Boa Vista, São Torquato e Santa Rita; e quatro bairros em Cariacica: Nova Rosa da Penha, Nova Esperança, Flexal II e Castelo Branco.

Outros cinco municípios, todos do interior do Estado, concentram os oito bairros restantes: bairro Zumbi, em Cachoeiro de Itapemirim; Bela Vista e Ayrton Senna, em Colatina; Vila Nova e Bom Sucesso, em São Mateus; e os bairros de Aviso e Interlagos, em Linhares. A região de Pinheiros é formada por uma pequena área do perímetro urbano da cidade.