• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Unidade Móvel de Atendimento à Mulher vai passar por mais oito municípios ainda em 2017

  • COMPARTILHE
Geral

Unidade Móvel de Atendimento à Mulher vai passar por mais oito municípios ainda em 2017

Em dezembro, duas cidades serão atendidas pelo ônibus: Anchieta, no dia 07; e a vizinha Guarapari, no dia 08

Dezoito municípios do Estado vão receber a Unidade Móvel de Atendimento à Mulher, até o final de 2017. O veículo começou as atividades no mês de julho e, até o momento, dez cidades já receberam as ações de prevenção e de enfrentamento da violência contra a mulher. E a meta é passar por mais oito cidades: Santa Teresa, Linhares, Sooretama, Serra, Castelo e Alegre, em novembro; e Anchieta e Guarapari, em dezembro.

“O objetivo dos atendimentos em veículo móvel é atuar na prevenção de crimes e da violência contra a mulher, com ações de conscientização e de empoderamento das mulheres”, explica o secretário de Direitos Humanos, Julio Pompeu. Durante as visitas a equipe das unidades presta serviços com psicólogos, assistentes sociais, defensores públicos e na área de saúde.

As ações são executadas pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), com o apoio do Fórum Permanente de Enfrentamento da Violência contra as Mulheres do Campo, juntamente à prefeitura local, que prestam serviços de saúde, de assistência social, atividades de lazer e atrações culturais.

Agenda

O município de Santa Teresa será o primeiro a receber a unidade móvel em novembro, já no dia 09. A cidade de Linhares será atendida no dia 10 e, Sooretama, no dia 11. Na semana seguinte, a ação será na Serra, no dia 18; fechando o mês de novembro com Castelo, no dia 23; e com Alegre, dia 24.

Atendimento

Dez municípios já foram visitados pela unidade móvel. Santa Maria de Jetibá, Aracruz, São Mateus e Ecoporanga, em outubro; Cachoeiro de Itapemirim, Governador Lindenberg, Colatina e São Roque do Canaã, em setembro; e Mucurici e Pinheiros, em julho.

“A unidade móvel de atendimento às mulheres serve como espaço de interação entre sociedade civil e Governo, ampliando o alcance das políticas públicas e adequando-as a diferentes realidades”, salienta o secretário Julio Pompeu. O serviço disponibilizado nos ônibus é de atendimento multidisciplinar.

Grupo

O Fórum Permanente de Enfrentamento da Violência contra as Mulheres do Campo, presidido pela subsecretária de Estado de Políticas para Mulheres, Helena Pacheco, foi criado pelo decreto de nº 4072-R, publicado no dia 08 de março de 2017, pelo governador Paulo Hartung.

O órgão, ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), tem como finalidade implementar estratégias e ações previstas no Pacto Estadual pelo Enfrentamento da Violência contra as Mulheres.