• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Estudantes capixabas recebem medalhas da Olimpíada de Matemática das Escolas Públicas

  • COMPARTILHE
Geral

Estudantes capixabas recebem medalhas da Olimpíada de Matemática das Escolas Públicas

Foram 192 alunos de diversos municípios do Espírito Santo. Para o próximo ano, serão 236 premiados

Os medalhistas de ouro também receberam um tablet como presente

A Matemática pode até não ser a disciplina preferida de muitos estudantes. Outros, no entanto, gostam tanto da matéria, que até participam de disputas para testarem os conhecimentos e, é claro, concorrerem à premiações.

Nesta quinta-feira (07), 192 estudantes capixabas participaram de uma cerimônia de premiação no Palácio Anchieta, em Vitória. Eles foram medalhistas na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).

Em todo o Brasil, foram quase 18 milhões de estudantes inscritos e o Espírito Santo saiu muito bem representado. Foram nove medalhas de ouro, 51 de prata e 132 de bronze.

A Heloísa Cavalcanti, 13 anos, recebeu a medalha de bronze, nesta tarde, e já comemora o resultado para receber a mesma premiação no próximo ano.

O professor Maxuel Augusto Neves, de Domingos Martins, discursou para todos os presentes e fez questão de enfatizar o orgulho em dobro. Além de lecionar a disciplina, ele é pai de um dos alunos que recebeu a medalha de prata. "Seja qual for a medalha, é algo muito valioso. Sempre incentivei à ele [o filho] a gostar de matemática. Estou como pai e espero estar aqui outras vezes", disse.

O estudante Roger Stein Neves, filho do Maxuel, também deu sua palavra e fez questão de agradecer ao pai por todo o incentivo que sempre recebeu. "O conhecimento é o que vocês devem buscar todos os dias. Aposto que o incentivo que cada um de vocês tem dentro da própria casa, é algo valioso. Tendo o meu pai como professor, sendo um espelho para mim, tenho certeza que vou me lembrar dele para a vida inteira. Tenho muito orgulho de ser filho de um professor", afirmou.

Veja as fotos da entrega das medalhas para os 192 alunos

Para o secretário de Estado de Educação, Haroldo Correia Rocha, o reconhecimento dos alunos premiados visa homenagear a cada um pelo próprio esforço e 'jogar' a luz sobre a matemática. Ele também ressaltou a importância da educação para o futuro. "Educação é a riqueza desse nosso tempo. O conhecimento, quanto mais a gente tem e mais a gente compartilha, mais ele aumenta".

Eduardo Pin recebeu a medalha de bronze

Um dos alunos que recebeu a medalha de bronze foi o Eduardo Pin, de Marechal Floriano. Para ele, esse momento é o resultado de um período de muito esforço e dedicação. "Estou muito feliz. Foi uma grande conquista para mim. Outros parentes conseguiram e agora eu consegui", comemorou ele, que também já está na lista para receber a premiação em 2018.

Já o Henrique Brunoro Krohling, que também mora em Marechal Floriano, foi um dos nove alunos que recebeu a medalha de ouro. Muito feliz, ele relembra o caminho que realizou até chegar na conquista. "Me dediquei bastante. Me sinto privilegiado de estar aqui para representar todos os estudantes de matemática.

A olimpíada

A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área. As medalhas entregues neste quinta-feira é o resultado da olimpíada realizada no ano de 2016. Para o próximo ano, 236 estudantes capixabas já foram selecionados para receber a premiação referente ao ano de 2017.