• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

GVBus alega que Sindirodoviários tenta barrar frota e trabalhadores e entra com ação contra entidade

  • COMPARTILHE
Geral

GVBus alega que Sindirodoviários tenta barrar frota e trabalhadores e entra com ação contra entidade

Edson Bastos, presidente do Sindirodoviários, argumentou que a entidade de classe segue o determinado pela Justiça.

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) ajuizou, na tarde desta quarta-feira (27), uma ação de incidente de abusividade de greve contra o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Espírito Santo (Sindirodoviários).

A ação foi ajuizada junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES) e, de acordo com a instituição patronal, teria havido, por parte do sindicato dos trabalhadores, a tentativa de barrar a saída do quantitativo legal da frota (70% dos ônibus em circulação nos horários de pico e 50% nos demais horários) e bloqueio para impedimento da saída de trabalhadores que não teriam aderido ao movimento.

Procurado para responder os apontamentos realizados pelo GVBus, o presidente do Sindirodoviários, Edson Bastos, argumentou que a entidade de classe segue o determinado pela Justiça.

"A GVBus não fala pelo trabalhador, não cabe a eles dizer quem aderiu ou não. Em cada garagem temos diretores contabilizando os ônibus que saem e que voltam", defendeu o presidente.

A greve

Os rodoviários estão em greve desde a última terça-feira (26). Eles pedem um reajuste salarial de 5%, que não foi aceito pelo sindicato patronal. Durante uma audiência de conciliação, feita pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), o Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) ofereceu 1,83%, que não foi aceito pela categoria.