• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Hospital de Cachoeiro é o primeiro do ES a conquistar a certificação HIMSS nível 6

  • COMPARTILHE
Geral

Hospital de Cachoeiro é o primeiro do ES a conquistar a certificação HIMSS nível 6

Em todo o Brasil, já contando com a certificação recebida pelo Hospital da Unimed Sul Capixaba, somente 25 instituições hospitalares possuem a certificação internacional

O Hospital da Unimed Sul Capixaba, em Cachoeiro, conquistou nesta segunda-feira (18), após o encerramento da auditoria, a certificação internacional da HIMSS (Healthcare Information and Management Systems Society), nível 6, atestando o uso de Tecnologia da Informação (TI) como suporte à saúde, com reflexo direto na qualidade assistencial, na segurança do paciente e na eficiência do processo assistencial.

A unidade hospitalar é a primeira do Espírito Santo e o 25º do Brasil a obter a certificação. Integram o grupo de hospitais que possuem certificação nível 6 no país, instituições, como: o Sírio Libanês e o Albert Einstein. No Sistema Unimed Brasil, além da Unimed Sul Capixaba, outras quatro Unimeds possuem a certificação. HIMSS.

“A certificação HIMSS, de nível internacional, vem consolidar os esforços realizados nos últimos ciclos do nosso Planejamento Estratégico, iniciado com o projeto Hospital sem Papel, em 2012. A certificação atesta o uso efetivo de TI no nosso hospital como suporte ao cuidado com o paciente. O objetivo é garantir um processo assistencial mais rastreável, eficaz e seguro ao paciente”, explica o diretor de Recursos Próprios da Unimed Sul Capixaba, Gediel Teixeira Xavier.

Segundo ele, para a obtenção da certificação HIMSS, foram realizadas várias adequações nos processos assistenciais, o que proporcionou melhorias nas rotinas operacionais e na segurança do paciente. Também foi necessária a implementação de novos procedimentos sistematizados, além da implantação de novos módulos dos Sistemas de Gestão e a incorporação de novos equipamentos tecnológicos. “Avançamos muito na segurança e na qualidade da assistência ao paciente, mas ainda há muito o que fazer e de forma contínua”, completa.

Benefícios

O gerente de TI da Unimed Sul Capixaba, Alex Faria, destaca que os grandes marcos do projeto rumo à certificação HIMSS foram a adoção do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), o uso da certificação digital – permitindo um ambiente sem papel – e a implementação de protocolos automatizados. Também foram etapas fundamentais a validação das prescrições pela farmácia clínica e a implantação da checagem na beira leito (circuito fechado da administração de medicamentos).

Outros benefícios que a adoção da tecnologia conferiu foi a disponibilização de painéis online com gestão à vista, em todas as unidades. “Depois que as rotinas foram informatizadas, as informações do paciente passaram a estar disponíveis em tempo real, o que proporciona a elaboração de painéis com indicadores e o monitoramento mais seguro e eficiente”, concluiu Alex.