• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Militares do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo vão passar por exame toxicológico

  • COMPARTILHE
Geral

Militares do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo vão passar por exame toxicológico

É a primeira vez na história que a corporação adota a realização do exame. Quem se recusar a realizar ou o resultado der positivo, poderá ser afastado

Foram convocados para realizar exame toxicológico, a partir da próxima semana, 80 oficiais e aspirantes a oficiais do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo. O método utilizado será "janela de larga detecção", que pode detectar o consumo de drogas nos meses anteriores ao uso.

De acordo com um comunicado que o Folha Vitória teve acesso, quem se recusar a realizar o exame ou o resultado der positivo para substâncias ilícitas, o militar será afastado e submetido ao Conselho de Disciplina.

A adoção do exame toxicológico faz parte das legislações de promoções de oficiais e praças, aprovadas no primeiro semestre deste ano. O exame será exigido para militares que estejam no chamado "quadro de acesso", ou seja, aquele que pretende ser promovido ou de progredir na carreira militar. 

Segundo o comunicado, caso os bombeiros estejam de férias, ou previstos para entrarem de férias ou ainda em licenças no período descrito, os diretores, comandantes e chefes devem adotar as providências de interrupção, "por extrema necessidade do serviço, atinentes a cada caso, visando garantir a realização de tal exame".

A coleta do material para a realização do exame será realizada entre os dias 18 e 21 deste mês, no Hospital da Polícia Militar (HPM), sendo supervisionada por, no mínimo, dois membros da Comissão de Promoção ao Posto de Coronel ou dois membros da Comissão de Promoção de Oficiais.

Ainda de acordo com o comunicado, para a realização da coleta, o militar deverá possuir 3,5 cm de cabelo no couro cabeludo. Caso não possua, deverá ter 1,5 cm de pelo nas axilas, peito, braços, pernas ou púbis.

"Janela de larga detecção"

Os exames toxicológicos conhecidos como "janela de larga detecção" são exames que possibilitam verificar o consumo de substâncias a longo prazo. Estes exames toxicológicos podem detectar o consumo de drogas nos meses anteriores ao uso. 

Os exames de urina ou saliva (fluídos orais) detectam o consumo de drogas até 3 dias após sua ingestão. Já os exames de larga janela ( realizados em queratina – cabelos, pelos ou unhas ) detectam o consumo de drogas nos últimos 3 meses ou mais. Além disso, os exames toxicológicos de larga janela, também dão pistas sobre a quantidade da droga consumida nesse período.

O objetivo desses exames é verificar o comportamento pregresso do paciente. Ele é muito usado em situações onde interessa verificar o histórico do uso dessas substâncias, como nos processo admissionais para posições sensíveis, como policiais e bombeiros. 

Mudança na promoção

A mudança nas regras para a promoção de policiais militares e bombeiros foi aprovada pelos deputados estaduais, durante uma sessão extraordinária que aconteceu em julho deste ano, na Assembleia Legislativa.

O projeto altera critérios e condições para promoção na carreira de praças (PMs combatentes, músicos ou auxiliares de saúde) e de oficiais de administração (capitão, primeiro e segundo-tenente), além de estabelecer novas regras e exigências para o curso de formação de soldados, e os de habilitação de sargentos ou oficiais; além de reorganizar os quadros de acesso.

Veja o que muda com a nova lei para promoção de PMs e bombeiros!