• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

População reclama da falta de lixeiras nas ruas e principais praças de Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

População reclama da falta de lixeiras nas ruas e principais praças de Vitória

Segundo estimativa da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Vitória necessita de 5 mil lixeiras

Moradores de Vitória reclamam da falta de lixeira nas ruas e praças da capital. O problema, que se agravou nos últimos meses, ocorre em razão de depredações e também da falta de reposição das lixeiras, já que a Prefeitura Municipal de Vitória aguarda a finalização de um processo licitatório. 

Para uma comerciante que atua na Praça Costa Pereira e na Praça dos Namorados, e prefere não se identificar, a falta de locais próprios para jogar lixo também está ligada a falta de manutenção da Prefeitura.

Ela ainda assegura que o Comitê Gestor da Praça dos Namorados realizou um abaixo-assinado solicitando novas lixeiras e a manutenção do espaço público, mas a Prefeitura de Vitória ainda não tomou nenhuma atitude.

Uma das alternativas encontradas pelos moradores e trabalhadores da região é a utilização de sacos plásticos para compensar a falta de lixeiras. 

PMV

Segundo informações da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (Semman), Vitória necessita atualmente de 5 mil lixeiras. E está previsto para Janeiro a finalização de um processo licitatório que envolve a compra de 2 mil unidades.

A Semman ainda afirma que não há previsão de instalação dos equipamentos em pontos prioritários e que a demanda será atendida com base em estudos realizados pela Prefeitura. 

Vandalismo

Para a realização desta reportagem, o Folha Vitória visitou algumas praças da capital. Nelas, a presença de lixeiras eram raras, e as poucas que existiam estavam quebradas. A aposentada Ana Maria Alegre questiona a participação da população para o agravamento do quadro. “Eu acho uma grande falta de educação, porque elas existem, mas estão quebradas".

A Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos ressalta que a maior parte das lixeiras foram destruídas propositalmente, em atos de vandalismo. 

Para sensibilizar a população a respeito do tema, a PMV desenvolve ao longo do ano, junto a escolas e nas comunidades, o projeto "Vitória, Cidade Limpa", que visa a conscientização em relação ao tratamento do lixo, principalmente o residencial. 

Denuncie 

Como grande parte das lixeiras são quebradas em atos de vandalismo. A população pode denunciar esse tipo de crime através do telefone 156. Além disso, a Guarda Municipal de Vitória tem atuado, com o auxílio das câmeras de videomonitoramento, na prevenção e contenção desse tipo de crime.

E quem for pego destruindo lixeiras pode responder criminalmente por dano ao patrimônio público, além de ser multado pela Prefeitura Municipal de Vitória. A multa, segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, pode chegar a 640 reais.

Além dos atos depredatórios, o descarte irregular do lixo doméstico também é fiscalizado pela Prefeitura Municipal de Vitória. Sendo o responsável passível de multa. 

Luciano Rezende

Recentemente, ao ser questionado sobre a falta de lixeiras em vários pontos da capital, o prefeito de Vitória, Luciana Rezende, respondeu a um morador nas redes sociais. Confira!