• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Preocupação com chuva igual a de 2013 é válida, diz meteorologista

  • COMPARTILHE
Geral

Preocupação com chuva igual a de 2013 é válida, diz meteorologista

Há quatro anos foi registrado o maior volume de chuva na capital capixaba desde o ano de 1961.

A chuva de dezembro de 2013 foi muito mais volumosa do que o normal no Espírito Santo.

Com a quantidade de chuva registrada nos cinco primeiros dias de dezembro no Espírito Santo, a população têm medo de que a situação que ocorreu em dezembro de 2013 volte a se repetir. Na época houve enchentes e muitas pessoas tiveram que deixar as suas casas.

De acordo com a meteorologista da Climatempo, Josélia Pegorim, já choveu quase o volume todo previsto para o mês. “A preocupação é válida, uma vez que o volume de chuva nos cinco primeiros dias do mês foi muito elevado. Na região de Vitória, em cinco dias, choveu 80% da chuva de dezembro. Em muitas áreas do centro-sul do Espírito Santo, já choveu de 100 a 200 mm, o que corresponde a quase toda a chuva de dezembro”, afirma Josélia.

Embora tenha chovido bastante durante o mês de novembro de deste ano, com vários episódios de temporais no Estado, o total de chuva ficou em geral abaixo da média histórica. Segundo a meteorologista, ainda vai chover muito até o dia 10 de dezembro sobre a maioria das áreas capixabas. 

“A situação vai ficar ainda mais crítica porque a chuva dos primeiros cinco dias de dezembro de 2017 foi bastante volumosa e algumas áreas da Zona da Mata Mineira já estão em situação de emergência. No entanto, é muito difícil dizer se teremos volumes de chuva equivalentes aos que aconteceram em dezembro de 2013 no Espírito Santo e também no Vale do Rio Doce”, disse.

Para o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, de qualquer forma a situação é preocupante. “Mesmo que não dê a chuva de dezembro de 2013, os transtornos podem iguais ou piores, uma vez que em 2013 só choveu muito em dezembro (em novembro não choveu muito e em janeiro parou geral). Neste ano, já vem ocorrendo esporádicos períodos chuvosos”, afirmou Nascimento.

Por meio de nota, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil informaram que há equipes de prontidão para atender aos chamados dos capixabas. "Porém, não há motivo para alarme ou preocupação. A Defesa Civil Estadual, junto com as coordenadorias municipais, monitorou todas as áreas de risco do Estado e se preparou para momentos de fortes chuvas". A nota pediu ainda para que em caso de ocorrências a população ligue para o 199.

Confira o acumulado de chuva registrado no Espírito Santo nas últimas 72 horas:


Fonte: Incaper

Desalojados

- Vitória - 01 família

- Muniz Freire - 01 família

- Cariacica - 04 famílias

- Afonso Cláudio - 05 famílias

- Linhares - 02 famílias

- Nova Venécia: 30 famílias

- Afonso Cláudio - 05 famílias

Desabrigados

- Muniz Freire - 07 famílias

- Iconha - 01 família

- Fundão – 02 famílias

- Viana - 18 famílias

- Presidente Kennedy - 01 família

- Nova Venécia – 03 Famílias

Agricultura

Os efeitos da chuva da primeira quinzena de dezembro também são preocupantes para a agricultura. O agrometeorologista da Climatempo, Marco Antônio Santos, afirmou que, se cair toda essa chuva, poderá haver problemas com as lavouras de café, cacau e mamão. 

"Como são cultivadas em áreas baixas, o escoamento das águas irá demorar para ocorrer, e alagamentos podem acontecer na metade norte do estado. Já na metade sul capixaba, área de café arábica e mais montanhosa, o problema é em relação a deslizamento de encostas e até mesmo problemas em estradas, o que vai afetar o transportes dos produtos agro”, explicou o agrometeorologista.

Histórico

A chuva de dezembro de 2013 foi muito mais volumosa do que o normal no Espírito Santo. Em Vitória, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), nesse período foram acumulados 713,9 milímetros de chuva, sendo que a média para o mês varia de 170 a 190 milímetros. Esse foi o maior volume de chuva já registrado na capital capixaba pelo menos desde o ano de 1961.

Leia também:
>> Vitória decreta estado de emergência devido às fortes chuvas
>> Espírito Santo bate recorde de chuva em todo o mundo, diz NASA
>> Enchente deixa município de Santa Leopoldina isolado
>> Espírito Santo enfrenta pior enchente registrada pelo Incaper
>> Enchente que devastou o Espírito Santo ganha destaque nacional e mundial