• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Projetos buscam incentivo cultural da Lei Rubem Braga em Cachoeiro

  • COMPARTILHE
Geral

Projetos buscam incentivo cultural da Lei Rubem Braga em Cachoeiro

Áreas de música, cinema, literatura e teatro são as com maior número de propostas e o valor máximo a ser concedido por proposta selecionada será de R$ 20 mil. O projeto prevê investimento total de R$ 480 mil

Foto: André Fachetti

Neste ano, 125 projetos de produção cultural em Cachoeiro, de 11 segmentos artísticos, foram apresentados à edição 2017 da Lei Rubem Braga. Destas propostas – todas entregues, pela primeira vez, em mídia digital –, 85 estão classificadas para serem avaliadas por comissão julgadora que reúne profissionais de diferentes estados, escolhidos por meio de chamamento público inédito, lançado neste ano pela prefeitura.

Música é a área com maior volume de inscrições: 55 projetos protocolizados e 22 classificados. Em seguida, vêm Cinema, fotografia e vídeo, com 17 propostas apresentadas e 15 classificadas; Literatura, com 16 propostas apresentadas e 15 classificadas; e Teatro, circo e ópera, com 12 propostas apresentadas e classificadas.

Os demais projetos se destinam aos seguintes segmentos: dança; artesanato; carnaval; história; folclore e capoeira; artes plásticas, artes gráficas e filatelia; e preservação e restauração de acervo e patrimônio histórico e cultural de museus e centros culturais.

A Comissão de Gerenciamento e Fiscalização fez uma triagem de todos os projetos e entrou em contato com aqueles que estavam com a documentação incompleta, e eles tiveram um novo prazo para adequação, que termina na próxima segunda-feira (11). O edital 2017 da Lei Rubem Braga prevê investimento de R$ 480 mil na produção cultural de Cachoeiro. O valor máximo a ser concedido por proposta selecionada será de R$ 20 mil.