• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rua é parcialmente interditada por causa de chuva em Cachoeiro

  • COMPARTILHE
Geral

Rua é parcialmente interditada por causa de chuva em Cachoeiro

Uma cratera se abriu na via e os motoristas precisam ter atenção no trecho. Outros três buracos foram abertos nas ruas. Além disso, três casas ficaram alagadas no município, de acordo com a Defesa Civil, e quatro muros desabaram

A chuva que atinge Cachoeiro desde a madrugada desta sexta-feira (1), está causando transtornos para os moradores. No início da tarde, rua Brahim Depes, que liga os bairros Aquidaban e Ferroviários, foi parcialmente interditada em função de uma cratera que se abriu na pista, no sentido da descida da Praça da Bandeira. Os agentes de trânsito d estão orientando a passagem de motoristas no local.

A Secretaria Municipal de Defesa Social orienta que os condutores evitem a via buscando rotas alternativas, para reduzir as possibilidades de retenção no tráfego da região. A Secretaria Municipal de Obras e a concessionária de esgoto já foram acionadas para avaliar o que pode ter causado os danos na pista.

De acordo com a Defesa Civil, que atualizou os levantamentos da chuva às 14h, foram registradas 17 ocorrências: quatro casas com risco de sinistro, sendo duas no bairro Gilson Carone, uma no Vila Rica e uma no Baiminas; quatro desabamentos de muros, nos bairros: Gilson Carone, Otton Marins, Amaral e Nossa Senhora da Penha; três casas alagadas, sendo duas no bairro Zumbi e uma no Bom Pastor.

Além do afundamento da via na Brahim Depes, outras crateras se abriram na rua Justino Hemerly, no bairro Gilberto Machado; na rua Naim Nagib, no bairro Recanto; e no Beco Edi Valante Amorim, no bairro Amarelo. Também foram registrados dois desmoronamentos de taludes, um na rua Antonio dos Santos, no bairro Nossa Senhora Aparecida, e outro na rua ngelo Boss, no bairro Amaral.

A Defesa Civil alerta que a previsão é de mais chuvas intensas até sábado (2). O rio Itapemirim está menos de um metro acima do nível normal, mas é importante que a população ribeirinha fique atenta, pois chove bastante em toda a cabeceira do rio.