• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vai à praia? Estudos de balneabilidade na GV apontam 52 pontos próprios para banho

  • COMPARTILHE
Geral

Vai à praia? Estudos de balneabilidade na GV apontam 52 pontos próprios para banho

A classificação da balneabilidade é a indicação da qualidade das águas destinadas à recreação de contato direto e prolongado, como natação, mergulho e lazer

Praia Grande, na Ilha do Boi, em Vitória está imprópria para banho

Os estudos de balneabilidade realizados por quatro municípios da Grande Vitória indicaram 52 pontos próprios para banho. Foram aprovados nos testes 18 pontos em Vitória, 13 em Guarapari, 10 em Vila Velha e 11 na Serra. Desse total, apenas 8 pontos foram classificados como impróprios, sendo 4 em Vitória e 4 em Vila Velha.

Vitória

De acordo com o último monitoramento semanal da balneabilidade de Vitória, a praia de Camburi foi considerada própria para banho em nove pontos de medição (só está interditado o ponto 9, no Canal de Camburi, a 50 metros do primeiro píer).

As praias Curva da Jurema, Ilha do Frade e do Canto estão próprias. Nessa região, apenas a praia de Santa Helena (100 metros após a ponte da Ilha do Frade) está imprópria. Na Ilha do Boi, apenas a praia da Direita está liberada.

Guarapari

Praia da Bacutia, em Guarapari

De acordo com o boletim de balneabilidade mensal divulgado pela Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura de Guarapari (Semag), de 13 pontos onde são realizadas as coletas, todos apresentaram resultado positivos e estão próprios para o banho.

São eles: Praia de Meaípe, Praia da Bacutia, Para de Peracanga, Praia da Areia Preta, Praia da Castanheira, Praia do Namorado, Praia das Virtudes, Prainha, Praia do Morro (Varandas), Praia do Morro (Kiosq 9), Praia do Morro (Maison), Praia de Setiba e Praia de Santa Mônica.

Vila Velha

Em Vila Velha, 10 dos 14 pontos analisados pelos estudos de balneabilidade estão próprios para banho. São eles: Lagoa Grande, Morada do Sol, Praia dos Recifes, Ponta da Fruta (nos dois pontos), Praia de Itaparica (nos dois pontos), Praia de Itapuã, Praia da Costa (nos dois pontos). Estão impróprios: Praia do Barrão, Praia da Barrinha, Praia do Ribeiro e Prainha.

Veja o mapa abaixo:

Serra

A exemplo de Guarapari, todos os pontos de coleta para os estudos de balneabilidade semanais realizados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Serra (Semma) estão próprios para banho. São ao todo 11 pontos analisados no município.

São eles: Jacaraípe (Em frente à rua Marília Resende Coutinho), Jacaraípe (Em frente à rua Caiçaras), Jacaraípe (Em frente à Colônia de Férias), Lagoa Carapebus (Acesso principal, ao lado da Colônia de Férias), Nova Almeida, (Acesso pela passarela, em frente ao Bar da Orla), Nova Almeida (Final do calçadão, em frente à rua Guilherme Becker), Praia de Bicanga (Próximo ao início da avenida Beira-Mar), Praia de Carapebus (Em frente à Colônia de Pescadores), Praia de Carapebus (Em frente à rua Projetada Vinte e Nove), Praia de Manguinhos (Em frente ao restaurante Primeira Estação de Manguinhos) e Praia de Manguinhos (Em frente à rua Governador Francisco de Aguiar).

A reportagem tento contato com assessoria de comunicação da Prefeitura de Fundão, mas não foi atendida.

Balneabilidade

A classificação da balneabilidade é a indicação da qualidade das águas destinadas à recreação de contato direto e prolongado, como natação, mergulho e lazer. É realizada por meio da coleta de amostras de águas e análise laboratorial para a avaliação do indicador coliformes termotolerantes.

Riscos à saúde

O médico Fernando Moraes alerta para as doenças que uma água imprópria pode causar à saúde. Mas não é só o banho de mar, como também a ingestão de pescados dessa água. Segundo ele, todo cuidado é pouco para não expor a saúde.

"Quando o banhista se torna exposto à essa água contaminada, ele está exposto à bactérias, vírus e protozoários, que podem causar doenças. A mais comum de todas é a gastroenterite, que é a inflamação e a infecção do aparelho digestivo. Geralmente os sintomas são náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia...", comenta o médico.

Moraes alerta que o número de doenças possíveis após contato com água contaminada é grande. "Outras doenças produzidas por patógenos oportunistas: hepatite A, dermatoses, verminoses, conjuntivites... Enfim, é uma gama de doenças que qualquer banhista exposto à água contaminada está suscetível a contrair".