Jovens assassinados por grupo de criminosos em Vitória moravam juntos há um mês

Polícia

Jovens assassinados por grupo de criminosos em Vitória moravam juntos há um mês

O duplo homicídio aconteceu de madrugada desta quinta-feira (13), no Morro da Fonte Grande

Foto: TV Vitória

Os familiares de Luiz Fernando Costa da Silva, 24 anos, fizeram a liberação do corpo no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória durante a manhã. Ele foi um dos assassinados na madrugada desta quinta-feira (13), no Morro da Fonte Grande, em Vitória. 

O outro jovem assassinado foi identificado como Kelton Lipek Spala e tinha 22 anos. Até o final da manhã, familiares dele ainda não tinham comparecido ao DML para liberar o corpo.

O duplo homicídio aconteceu de madrugada. Moradores do bairro contaram para polícia que por volta de uma hora, sete homens encapuzados invadiram a casa onde os dois rapazes estavam e mataram eles com, pelo menos, 10 tiros.

Na ocorrência policial, a informação é de que os dois foram atingidos com tiros em várias partes do corpo. Segundo a polícia ninguém na região soube informar se havia alguma confusão envolvendo os dois jovens.

Eles estavam dividindo a mesma casa há cerca de um mês. A família de Luiz Fernando confirmou o envolvimento do rapaz com o tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil, eles não tinham passagens na Justiça.

A Polícia Civil informou ainda que o caso seguirá sob investigação da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória

Até o momento, nenhum suspeito foi detido e detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto.

Com informações do repórter Laércio Campos, da TV Vitória/Record TV. 

Leia também: 

>> Jovens são assassinados por homens encapuzados no Morro da Fonte Grande, em Vitória

>> Mulher é assassinada e companheira dela fica ferida após ataque em Vila Velha

Pontos moeda