• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Criminosos de Cariacica exibem armas, ameaçam rivais e dizem que não se escondem da polícia

  • COMPARTILHE
Polícia

Criminosos de Cariacica exibem armas, ameaçam rivais e dizem que não se escondem da polícia

O recado sobre a polícia foi devido a uma ação ocorrida no último dia 15, quando houve troca de tiros entre criminosos e Polícia Militar

Um vídeo, obtido pela reportagem da TV Vitória, mostra criminosos do bairro Alzira Ramos, em Cariacica, ostentando armas e munição. Escondendo os rostos, eles fazem ameaças à grupos rivais e afirmam não estarem se escondendo a polícia.

O recado sobre a polícia foi devido a uma ação ocorrida no último dia 15, quando houve troca de tiros entre criminosos e Polícia Militar. Na manhã seguinte o Ciodes recebeu denúncias que afirmavam que os bandidos estavam armados e escondidos em uma mata da região.

Na ocasião ninguém foi detido. Segundo os moradores, os criminosos que trocaram tiros com a PM seriam de Alzira Ramos, mesmo local mencionado no vídeo. Eles estariam aterrorizando os moradores dos bairros vizinhos devido a um assassinato.

A represália foi devido a morte de Breno Daniel Pereira da Silva, de 16 anos. A vítima caminhava em rua, quando foi surpreendida por suspeitos que estavam escondidos no matagal e disparam. Devido ao fato, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Augusta Tavares, em Jardim Botânico, ficou fechada.

Nessa segunda-feira (26) as escolas da região e o comércio operavam com expediente normal. Contudo, paz e sossego não estão presentes. Os moradores correram da equipe de reportagem e só falam sem identificação. Os poucos que conversaram com a reportagem, afirmaram que a presença de traficantes armados na área é constantes e tiroteios não têm hora pra acontecer.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que está presente tanto no bairro Alzira Ramos, quanto em Jardim Botânico, em Cariacica, com viaturas, motocicletas e militares a pé, que realizam o patrulhamento diuturnamente.