• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Homem é preso por agredir mulher com martelo e carregador de celular em Viana

  • COMPARTILHE
Polícia

Homem é preso por agredir mulher com martelo e carregador de celular em Viana

Os dois filhos do casal estavam no local e viram as agressões contra a mãe

Um homem foi preso suspeito de agredir a mulher em Viana. Ele teria usado um martelo para bater na vítima e um carregador de celular para tentar enforcá-la. Duas crianças, uma de dois anos e outra de três presenciaram o crime.

"Eles [as crianças] estão traumatizados e com medo. Ela [a vítima] está toda machucada", contou uma testemunha que não quis se identificar.

O principal suspeito da violência é o marido dela, com quem ela foi casada por quatro anos e teve os dois filhos. Horas após o crime, o homem não sabia dizer o que aconteceu.

"Eu não sei explicar, foi coisa de momento, do nada me deu um ataque, uma crise e nós começamos a discutir e fiz essa besteira", contou.

Em depoimento a vítima disse que a discussão começou por um motivo banal. O suspeito chegou em casa nervoso por causa de uma briga com a mãe dele e acabou descontando nela. O que era um bate-boca evoluiu para chutes, socos e puxões de cabelo. Em um determinado momento ele pegou o martelo e bateu nela. Foram vários golpes na cabeça e pelo corpo. Na sequência ele usou um fio de carregador de celular para tentar enforcá-la.

Segundo a família, desesperada, a vítima gritava por socorro e ele fez uma ameaça. "Deu dez minutos para ela sair correndo e ela deu graças a Deus, pois pensou que ia morrer", contou a testemunha.

Diante do estado da jovem, a família chamou a polícia. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital São Lucas, em Vitória, e o marido foi preso. Outro fato que chamou a atenção da polícia foi que o suspeito foi abordado pela polícia no Pronto Atendimento de Arlindo Vilaschi. Ele contou que passou mal e precisou de cuidados médicos.

O homem de 27 anos foi medicado e levado para o Plantão Especializado da Mulher. Ele foi autuado por tentativa de assassinato. Familiares contaram que não foi a primeira vez que ele agrediu a mulher. Mesmo assim ele afirmou que a ama.

"Quero deixar um recado para ela. Ela não precisa se preocupar, pois não sou esse tipo de monstro que sai da cadeia para matar a mulher. Foi coisa de momento, na hora da raiva. Ela pode até arrumar outro marido. Não precisa se preocupar comigo", afirmou o suspeito.

A mulher agredida já recebeu alta e está na casa de familiares.